Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Euro: Portugal arranca empate com Hungria e apura-se para os oitavos-de-final

Em noite histórica para Cristiano Ronaldo, que atingiu duas marcas impressionantes no Campeonato Europeu(Euro) de futebol nesta quarta-feira, o craque ainda foi responsável por arrancar um empate por 3 a 3 para Portugal no duelo com a já classificada Hungria, levando a selecção lusitana aos oitavos-de-final.

Na próxima fase, os portugueses, que encerraram a sua participação no grupo F, sem nenhuma vitória e com três pontos, vão enfrentar a Croácia, no sábado, em Lens.

A selecção húngara, por sua vez, que avançou como líder, aguarda a definição da segunda colocada do grupo E, que será definida logo mais entre Bélgica, Suécia e Irlanda.

A Islândia, que venceu no fim a Áustria por 2 a 1, avançou em segundo e pegará a Inglaterra.

No primeiro tempo do duelo disputado pelo estádio Parc Olympique Lyonnais, o médio Zoltan Gera abriu o placar para os húngaros aos 19 minutos, tornando-se assim o segundo jogador mais velho a marcar no torneio, aos 37 anos e 61 dias, ficando atrás apenas do austríaco Ivica Vastic, que balançou as redes aos 38 anos e 257 dias em 2008. Pouco antes do intervalo, Nani igualou pela primeira vez para Portugal.

Logo no segundo minuto da etapa complementar, o médio atacante Balazs Dzsudzsak recolocou a selecção húngara na frente.

Três minutos depois, Cristiano Ronaldo, enfim, conseguiu tornar-se no primeiro atleta a marcar em quatro edições seguidas do Euro, com muito estilo, aliás, em finalização de calcanhar.

Dzsudzsak, contudo, marcou de novo aos 10 e voltou a assustar os portugueses, que só se salvaram da eliminação precoce aos 17, outra vez com CR7, que concluiu de cabeça para balançar as redes, após pontapé de csnto cobrado por Ricardo Quaresma.

Autor de três golos no Euro de 2012, um em 2008 e dois em 2014, Cristiano Ronaldo ainda se tornou o jogador com mais partidas pela competição continental, chegando a 17 e superando o defensor francês Lilian Thuram e o guarda-redes holandês Edwin van der Sar, então recordistas.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!