Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

EUA e os seus aliados estabelecem exigências para negociações com Irão

Os Estados Unidos e os seus aliados vão exigir que o Irão interrompa o enriquecimento de urânio e feche imediatamente uma instalação nuclear subterrânea numa nova rodada de negociações, esta semana, sobre impasse nuclear de Teerão com o Ocidente, informou uma autoridades norte-americana.

As negociações entre o Irão e as potências mundiais, uma retomada das negociações que emperraram há um ano, serão realizadas, a 14 de Abril, em Istambul, disse Catherine Ashton, porta-voz de política estrangeira da UE.

A administração do presidente dos EUA, Barack Obama, procurou definir os parâmetros para o tão esperado encontro, que pode representar a última chance para uma resolução da disputa nuclear diplomaticamente.

Uma autoridade dos EUA disse, Domingo, que uma das “prioridades a curto prazo” seria conseguir que o Irão concorde em fechar imediatamente a sua instalação recentemente concluída de Fordow, construída sob uma montanha próxima à cidade muçulmana xiita de Qom.

O jornal The New York Times relatou que os negociadores para o Ocidente iriam pressionar o Irão para desmantelar o site, que teria sido usado para expandir o enriquecimento de urânio.

Outra exigência-chave de Washington e os seus aliados será que o Irão pare completamente a produção de urânio enriquecido a 20 por cento, disse o funcionário do governo.

As bombas nucleares exigem urânio enriquecido a 90 por cento, mas muitas das etapas necessárias para esse objectivo são atingidas a 20 por cento de pureza, encurtando o tempo necessário para um ataque nuclear.

O Irão mantém-se desafiador, dizendo que seu programa nuclear é para geração de energia e fins médicos, e não para a fabricação de bombas, mas o Conselho de Segurança da ONU exige a suspensão completa do enriquecimento, e Washington deixou claro que quer fazer o Irão atender a essas exigências.

“A nossa posição é clara: o Irão deve cumprir as suas obrigações internacionais, incluindo a suspensão completa do enriquecimento de urânio como exigido pelas resoluções do Conselho de Segurança da ONU”, disse Tommy Vietor, porta-voz do Conselho Nacional de Segurança da Casa Branca.

O presidente Barack Obama está sob pressão em casa para adoptar uma linha dura com o Irão durante a sua campanha à reeleição em Novembro.

Ele tem pressionado Israel para adiar qualquer ataque preventivo contra instalações nucleares iranianas, a fim dar à diplomacia mais tempo para trabalhar. Mas ele declarou também que uma intervenção militar continua a ser uma opção, embora seja o último recurso.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!