Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Escritor é condenado a prisão na Arábia Saudita por incitar protestos

O escritor Nadhir al Majid foi condenado a sete anos de prisão por participar de manifestações e incitar a realização de protestos na Arábia Saudita, informou nesta quinta-feira o Centro do Golfo para os Direitos Humanos (CGHR).

Majid foi condenado na semana passada, em um julgamento no qual não foi permitido estar acompanhado de seu advogado, e enviado à prisão de Al Hair, em Riad, capital do país, de acordo com a ONG.

Os promotores sauditas acusaram o escritor de desobediência, participação e incitação a protestos e por manter contatos com correspondentes estrangeiros.

Majid já tinha passado cinco meses preso em 2011, depois de ter escrito um artigo intitulado “Protesto, depois existo”.

Durante o período detido, o escritor sofreu maus tratos e chegou a ficar em regime de isolamento, de acordo com a CGHR.

O GCHR pediu que as autoridades sauditas retirem as acusações e libertem Majid, assim como outros ativistas de direitos humanos.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!