Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Eremita de 76 anos vive pelado na ilha remota do Japão

Correntes marítimas perigosas giram em torno da ilha Sotobanari, que não tem uma gota de água natural e na qual os pescadores locais raramente param.

Entretanto, Masafumi Nagasaki, de 76 anos, fez desta ilha em forma de rim, na região tropical de Okinawa, seu lar depois de aposentado, com um modo de vestir não comum: sem roupa nenhuma.

Pelado, ele enfrenta tufões e insectos como um ermitão. “Eu não quero fazer o que a sociedade diz para fazer, mas sigo as regras do mundo natural. Não podes superar a natureza, então deves apenas obedecer completamente”, disse. “É isto que eu aprendi quando vim para cá e é, provavelmente, por isso que sobrevivo tão bem”.

O áspero Nagasaki, sua pele endurecida como couro por causa do sol de duas décadas na ilha, trabalhou um pouco como fotógrafo antes de passar alguns anos no lado mais obscuro da indústria do entretenimento.

Quando chegou a aposentadoria, queria ir para longe de tudo. Ele escolheu Sotobanari, que tem aproximadamente 1.000 metros de um lado para o outro e significa “Ilha Remota de Fora” no dialecto local.

Ela fica na costa da ilha Iriomote, muito mais perto de Taiwan do que de Tóquio. No primeiro ano em que viveu em Sotobanari, ele colocava roupas quando os barcos passavam por perto.

Mas, aos poucos, a ilha despiu-o das suas vergonhas. “Andar pelado não se insere bem na sociedade normal, mas aqui na ilha eu sinto que é o certo, é como um uniforme”, disse.

“Se pões roupas, vais te sentir completamente fora de lugar”. Ele coloca roupas uma vez por semana para ir ao povoado, a uma hora de distância, onde compra comida e água potável. Colecta tambémo s 10 mil ienes (120 dólares) enviados por sua família, dinheiro com o qual vive.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!