Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Enviado sírio diz que Assad não pode fazer parte do novo governo

O enviado internacional para a paz na Síria disse, esta Quarta-feira (9), que não vê o presidente sírio, Bashar al-Assad, a fazer parte de um governo de transição previsto por um plano de paz acordado pelas principais potências, ano passado.

“Certamente ele não seria membro daquele governo”, disse Lakhdar Brahimi à Reuters em entrevista no Cairo. Há 21 meses a Síria está tomada por um levante popular que opôs as forças de Assad e os rebeldes, que tentam derrubá-lo.

Mais cedo, em entrevista transmitida pela BBC, Brahimi disse que os sírios consideram que os 40 anos de domínio da família Assad sobre o país é um tempo longo demais, numa declaração que soa como um pedido directo para que Assad se afaste.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!