Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Faleceu o guitarrista moçambicano Jaimito Machatine

Vão a enterrar nesta terça-feira, 30 de Julho, às 11 horas, no Cemitério de Lhanguene, os restos mortais do guitarrista moçambicano, Jaime Felisberto Machatine, falecido na sexta-feira, em Maputo, vítima de doença.

De 64 anos de idade, Jaime Machatine, ou simplesmente Jaimito, nasceu na província de Inhambane, no distrito de Zandamela e tinha 15 irmãos.

Ao longo da sua brilhante e intensa carreira, Jaimito tocou com músicos conceituados como Hortêncio Langa, Pedro Ben, Zeca Tcheco, entre muitos outros, tendo participado na gravação dos discos Amanhecer I e II.

Artista versátil, Jaimito tocava também bateria, teclado e saxofone, mas foi como solista que se evidenciou de tal sorte que tanto as crónicas da época como os artistas e admiradores são unânimes em afirmar que ainda não surgiu entre nós um guitarrista à sua altura.

Em 1977, Machatine saiu de Moçambique para Portugal, tendo vivido nos países baixos antes de fixar residência nos Estados Unidos da América de onde regressou em 1997, padecendo de esquizofrenia. Apesar do apoio familiar, Jaimito optou por viver livremente tendo escolhido o frontispício da Rádio Moçambique para exibir os seus pensamentos em instalações ao ar livre de vários cartazes filosóficos.

 

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: Content is protected !!