Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Ensino à distância absorve mais de mil alunos em Nampula

Mais de mil alunos graduados na 7ª classe entram, este ano, no Programa de Ensino à Distância (PESD), introduzido em 2004 na província de Nampula, segundo anunciou na terça-feira fonte do governo. Segundo Páscoa de Azevedo, directora provincial da Educação e Cultura, cerca de 600 alunos estão inscritos na Escola Secundária de Nampula, subdivididos em três grupos (8ª, 9ª e 10ª classes).

Nampula figura entre as províncias em que o PESD obteve resultados promissores. Dados disponíveis indicam que apenas dois dos noventa alunos inscritos na fase piloto não conseguiram concluir a 10ª classe, facto que leva o sector da Educação a estender o programa para todas as escolas secundárias, cobrindo, deste modo, os vinte e um distritos que Nampula possui. Neste momento, foram criados um total de 65 Centros de Apoio à Distância e um universo de 367 tutores que irão acompanhar o processo a ser efectuado em módulos.

A cerimónia de lançamento oficial do programa, que contou com a presença dos alunos, professores, pais e encarregados de educação, na cidade de Nampula, foi dirigida pela directora nacional do PESD, Antuia Mogne Soverano. No seu discurso, aquela dirigente realçou as múltiplas vantagens do programa que, segundo sustentou, tem vindo resolver o problema da falta de vagas para os alunos que concluem o ensino primário.

Soverano revelou, na ocasião, que serão abrangidos no presente ano, em todo o país, um total de 35.600 estudantes, cujo processo de inscrições decorre em todas as províncias. O ensino à distância constitui uma das prioridades do governo com vista a garantir o acesso à educação de estudantes graduados da 7ª classe, cujo centro-piloto encontra-se instalado na cidade de Nampula desde 2004. E os resultados obtidos confirmam o sucesso do ensino à distância, cuja continuidade deve ser garantido. Sublinhou Antuia Soverano, anotando que o sistema permite que o aluno tenha possibilidade de planificar o seu tempo de estudos a bel prazer. Aquela dirigente referiu que, à semelhança dos resultados alcançados na província de Nampula, a cidade de Maputo também atingiu níveis assinaláveis no ano passado, com cerca de 83 por cento de graduados da 10ª classe.

Acrescentou tratar-se de um programa instalado em todas as províncias do país e que conta, igualmente, com apoio moral dos pais e encarregados de educação, através de mensagens de sensibilização aos seus educandos a aderirem ao referido sistema. Dados em nosso poder indicam que Nampula conta, presentemente, com uma rede escolar de cerca de 158 mil instituições de ensino primário e secundário.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!