Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Energia solar vai beneficiar 50 mil habitantes de três distritos do Niassa

A Coreia do Sul acaba de disponibilizar cerca de 35 milhões de dólares norteamericanos para construção, a partir de 2012, de três centrais fotovoltáicas destinadas à produção de electricidade com base na energia solar, na província nortenha do Niassa.

O financiamento foi disponibilizado pelo Exim Bank da Coreia do Sul e prevê beneficiar cerca de 50 mil residentes dos distritos de Muembe, Mecula e Mavago, segundo o Fundo de Energia (FUNAE), instituição adstrita ao Ministério da Energia, salientando que a iniciativa surge em resposta às solicitações do Governo moçambicano visando conferir um maior apoio à estratégia de aproveitamento de energias renováveis.

Até 2014, Moçambique conta electrificar todos os seus distritos com base na energia de Cahora Bassa e através de uma maior utilização de energias renováveis por serem “mais baratas e sem necessidade de executar grandes construções de infra-estruturas”, realça ainda o FUNAE.

Estima-se que pouco mais de dois milhões de moçambicanos consomem energia eléctrica produzida com base em sistemas solares.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!