Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Empresário suicida-se em Namialo por motivos passionais

Um empresário, identificado apenas por Ascali, que exercia a sua actividade na vila de Namialo, no distrito de Meconta, província de Nampula, tirou a sua própria vida com recurso a produtos químicos e tóxicos, na manhã de quinta-feira (12), alegadamente por ter sido traído pela sua companheira.

O caso deu-se depois de uma forte discussão que foi travada pelo casal durante pelo menos duas horas, segundo relataram à nossa Reportagem as pessoas que acompanharam a situação. As mesmas contaram que Ascali se teria envolvido com a mulher em alusão há poucos anos, mais de há tempos até a data da sua morte os dois desentendiam-se com frequência.

Informações fornecidas pelo chefe das operações da Polícia da República de Moçambique (PRM) em Namialo, Amisse Agostinho, indicam que a autópsia concluiu que a vítima morreu por intoxicação.

Não se percebe o que é que o malogrado descobriu relativamente à traição da sua consorte, mas testemunhas afiançaram que a visada efectuava viagens para lugares tais como Pemba, Nacala-Porto e Ilha de Moçambique, sem o consentimento do marido.

De acordo com Agostinho, nas referidas viagens, presume-se, a senhora fazia-se acompanhar pelos seus amantes, facto que criava uma má disposição no seu companheiro. O @Verdade soube que o finado era gerente dos Armazéns Namialo (ARMANAM).

O agente da Lei e Ordem assegurou que este não é o primeiro caso de suicídio motivado por razões passionais, este ano, naquela circunscrição geográfica de Nampula. Nos últimos três meses foram registados dois casos do género e em todos eles as vítimas são constituídas por homens.

Não foi possível ouvir a versão do Comando Provincial da PRM em Nampula. Na altura em que nos deslocámos ao local, o Departamento de Relações Públicas encontrava-se deserto.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!