Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Empresa de Guebuza vende autocarros ao Governo

Um total de 150 autocarros movidos a gás foram adquiridos na Índia, através do Fundo de Desenvolvimento de Transportes e Comunicações (FDTC), e vendidos a crédito a empresa Transportes Públicos de Maputo (TPM) como forma de melhorar a carestia de transporte na cidade e província de Maputo. Os autocarros são de marca TATA. Foram adquiridos à TATA Group, da Índia, pela empresa nacional TATA Moçambique Limitada, que tem como um dos sócios o cidadão Armando Emílio Guebuza, que é o Presidente da República e chefe do Governo moçambicano.

Segundo a edição desta semana do jornal Canal de Moçambique, estes autocarros custaram aos cofres moçambicanos  565 milhões de meticais e foram adquiridos sem concurso público, conforme manda a lei de procurment, assegurou o ministro dos Transportes e Comunicações, Paulo Zucula. Segundo este governante o Ministério dos Transportes e Comunicações, através do Fundo de Desenvolvimento de Transportes e comunicações, adjudicou directamente à TATA Moçambique, Limitada pois  “Apenas estávamos à procura de empresas fabricantes de autocarros a gás”.

Ainda de acordo com o jornal Canal de Moçambique, existem indícios que que na última visita do Chefe de Estado à India o negócio da compra destes autocarros terá estado na agenda do Presidente da República e também sócio da empresa TATA Moçambique.

Guebuza na TATA

O cidadão Armando Emílio Guebuza é sócio da empresa TATA Moçambique Limitada, juntamente com a TATA Holding e MBATINE INVESTIMENTOS, LDA, conforme atesta o Boletim da República número 17, III Série de 24 de Abril de 2002.

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!