Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Em vista depreciação do Metical em 2011

A moeda moçambicana, o Metical, poderá continuar a depreciar-se ainda mais, em 2011, devido à prevalência do chamado fenómeno de guerra cambial desencadeado por alguns países para corrigir os seus défices comerciais e melhorar a sua competitividade.

 

 

A advertência foi feita pelo governador do Banco de Moçambique (BM), Ernesto Gove, sustentando que aqueles países poderão optar por desvalorizar de “forma deliberada” as suas moedas para melhorar a sua competitividade no mercado externo.

Gove sustenta a sua convicção por dados mais recentes postos à disposição da sua instituição mostrarem uma tendência das moedas fortes no mercado internacional “cada vez mais incerta”.

Refira-se que, em meados de Agosto de 2010, a taxa de câmbio média das transacções dos bancos com a sua clientela foi de 40 meticais por cada dólar, recuando para 35 meticais em meados de Dezembro corrente.

O seu spreed com a taxa de cotações reduziu de 23%, em finais de Março último, para zero porcento que se mantém actualmente, segundo ainda Gove, realçando que após oito meses de aceleração contínua da inflação, em Setembro e Outubro de 2010, as variações mensais foram negativas e em Novembro, embora positiva, foi inferior à registada em igual período de 2009.

A situação resultou de uma desaceleração da inflação anual de 17,08%, em Agosto, para 15,06%, em Novembro de 2010, o que levou as autoridades moçambicanas a reverem a meta de inflação média anual de 9,5%, para 12,7%, até finais de Dezembro de 2010.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!