Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Egito acusa Mursi de conspiração com organizações estrangeiras

A procuradoria-geral do Egito ordenou que o presidente Mohamed Mursi e outros 34 islâmicos sejam julgados sob acusações que incluem conspiração com organizações estrangeiras para cometer actos de terrorismo e a revelação de segredos militares a outros países.

Em comunicado, o procurador-geral disse que a Irmandade Muçulmana, grupo de Mursi, cometeu actos de violência e terrorismo no Egito e preparou um “plano terrorista” que incluía uma aliança com o grupo palestino Hamas e o Hezbollah, do Líbano.

Mursi já está a ser processado por incitar a violência durante os protestos em frente ao palácio presidencial há um ano, quando ainda era presidente. Ele foi deposto em Julho pelo Exército, depois de imensos protestos contra o seu governo.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!