Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Educação dos jovens é fraca

O início da prática de actividade sexual precoce, em jovens de ambos os sexos, que nos últimos tempos tem resultado em muitos casos de gravidez indesejável ou no contágio de doenças pela via sexual sobretudo o Hiv-Sida, resulta em grande medida da fraca qualidade do trabalho de educação e sensibilização que são submetidos nos ritos de iniciação, pelos conselheiros.

Esta conclusão é da Direcção Provincial de Cultura, que através do seu departamento de património cultural, em Nampula, vai desenvolver um programa de formação, virado essencialmente aos conselheiros, no sentido destes mudarem o discurso até o momento usado, nos ritos de iniciação.

Mário Intetepe , chefe do Departamento do Património Cultural, expl icou que o processo de aconselhamento dos jovens de ambos os sexos, durante o período que são submetidos aos ritos de iniciação, uma tradição da população ao nível da província é caracterizado por insultos e palavreado que deveriam ser proferidos, no mínimo, para pessoas da sua faixa etária.

“Constatamos que nos diferentes locais onde se concentram crianças de ambos sexos para ci rcuncisão masculina ou feminina prevalece a troca de palavras pejorativas o que não vai de encontro com a criação de valores morais nos futuros chefes de família” – disse aquele responsável que alega ser tempo de agir para inverter o actual quadro.

Elogiou o facto dos pais ou encarregados de educação, estarem a abandonar o envio dos seus educandos para zonas recônditas a fim de participar dos ritos que se seguem a sua circuncisão, mas anotou a necessidade de reformular os métodos de transmissão de ensinamentos aos jovens.

“por um lado, tudo o que os conselhei ros ou conselhei ra s transmitem as crianças só incita para experimentar o que apreendem e o resultado é a gravidez não desejada. Por outro lado as crianças são ensinadas a fazer o sexo sem protecção de acordo com alguma religião e elas se colocam no risco de contagio do Hiv-Sida” – reiterou inquietado Mário Intetepe.

Ainda não há um calendário previamente estabelecido para a formação dos conselheiros mas segundo a nossa fonte deverá acontecer no mais curto espaço de tempo para que os erros actuais não possam se repetir.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!