Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Duas pessoas morrem em ataque aéreo contra carro no Sudão

Duas pessoas foram mortas num ataque contra um carro perto de Porto Sudão na terça-feira. A polícia sugeriu que se tratava de um míssil disparado do mar, enquanto a mídia estatal e autoridades do governo regional culparam um avião estrangeiro.

Testemunhas que estavam no local, perto do aeroporto da cidade portuária, disse que o pequeno carro foi destruído e que dois corpos carbonizados de seus passageiros podiam ser vistos. “Um míssil de uma fonte desconhecida provavelmente explodiu o carro”, afirmou o porta-voz da polícia, Ahmed Al-Tahmi, à Reuters. Antes, ele disse à rádio local que o míssil provavelmente havia sido disparado do Mar Vermelho.

O Centro de Mídia Sudanês, uma agência de notícias ligada ao Estado, e o porta-voz do Parlamento, Ahmed Tahir, disseram que um avião desconhecido invadiu o espaço aéreo do país para bombardear o carro. O avião veio do Mar Vermelho e voltou após o ataque, afirmou Tahir.

O centro de mídia disse que o Exército respondeu com mísseis, mas que o avião conseguiu escapar. “Ouvimos três explosões altas”, disse uma fonte no aeroporto de Porto Sudão à Reuters. “Fomos lá para fora para ver o que estava acontecendo e testemunhas oculares disseram que viram dois helicópteros sobrevoando.” Tahir disse que os dois mortos estavam viajando do aeroporto para a cidade quando o carro deles foi atingido. As vítimas não foram identificadas.

O Ministério das Relações Exteriores não comentou o incidente. O Exército do Sudão não estava imediatamente disponível para falar sobre o assunto.

Em janeiro de 2009, um comboio de traficantes de armas foi atingido por um avião não-identificado no leste do país, de acordo com autoridades sudanesas. Segundo as notícias da época, o ataque havia sido realizado por Israel a fim de evitar o contrabando de armas para a Faixa de Gaza. Um total de 119 pessoas foram mortas naquele ataque perto da fronteira do Sudão com o Egito, de acordo com a mídia estatal.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!