Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Drama sobre guerra no Iraque mais perto do Oscar

O drama sobre a guerra do Iraque “The Hurt Locker” ganhou o prémio máximo do Sindicato de Produtores da América (PGA), considerado um prémio crucial no caminho para um Oscar. 

Este filme de baixo orçamento sobre um especialista em desactivar bombas do exército americano ganhou no domingo o prémio máximo de produtores do ano, o Darryl F. Zanuck, uma semana depois de ter sido apresentado na cerimónia do Globo de Ouro e sair sem nenhum prémio. O prémio dado pelo PGA foi compartilhado pela directora do filme Kathryn Bigelow (que foi produtora), Mark Boal (roteirista), Nicolas Chartier e Greg Shapiro.

Seis dos nove ganhadores de edições anteriores do prémio se tornaram vencedores do Oscar, que este ano ocorre dia 7 de Março em Hollywood, enquanto os indicados serão divulgados dia 2 de Fevereiro. A vitória de “The Hurt Locker” faz com que esse filme, elogiado pela crítica, se torne um rival na luta pelo Oscar de melhor filme, no momento em que a superprodução “Avatar” se tornou o único favorito após ganhar dois Globos de Ouro na semana passada.

“Avatar” foi um dos outros candidatos dos prémios do PGA, onde competiram também “Distrito 9”, “An Education”, “Inglorious Basterds”, “Invictus”, “Precious”, “Star Trek”, “Up” e “Up in the air”. O prêmio de melhor filme de animação foi para “Up”, enquanto que a o melhor documentário foi para “The Cove”.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!