Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Dois soldados das Forças Especiais líbias abatidos em Benghazi

Dois soldados das Forças Especiais Líbias Saiqa foram abatidos em Benghazi, no nordeste do país, em ataques separados, soube-se de fonte de segurança.

O primeiro, Tarek Omar Harir, que pertencia à unidade encarregue de proteger o aeroporto de Benina, foi abatido na madrugada da quinta-feira no bairro al-Sabri de Benghazi ao passo que o segundo, Said al-Harari, sucumbiu aos seus ferimentos depois do seu regresso da Tunísia para onde havia sido evacuado para cuidados médicos, segundo uma fonte militar.

Além disso, desconhecidos atiraram quinta-feira um engenho explosivo de fabrico local para a entrada principal dum café em Benghazi sem fazer vítima nem danos materiais. Os serviços de segurança locais iniciaram a instalação de câmaras de vigilância na cidade para identificar os autores destes ataques.

Desde o derrube do regime de Muamar Kadafi, a região oriental, nomeadamente Benghazi, é palco de atos de violência mortíferos quase diários visando principalmente militares, polícias e outros militantes da sociedade civil. Estas ofensivas que não poupam edifícios públicos alvejam igualmente interesses estrangeiros.

As suspeitas estão apontadas para movimentos islamitas radicais muito bem instalados na região e que não hesitem em qualificar as novas autoridades do país de “apostatas” reclamando pela criação dum califado na Líbia.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!