Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Dois homens presos na África do Sul com 41 quilogramas de chifres de rinoceronte

As autoridades sul-africanas detiveram, sexta-feira, no Aeroporto Internacional Oliver Tambo, em Joanesburgo, dois passageiros na posse de chifres de rinoceronte avaliadas em cerca de 4,5 milhões de randes. Segundo as autoridades sul-africanas, os referidos passageiros, que acabavam de desembarcar de um voo de Maputo, capital moçambicana, tinham como destino final o Vietname. Não foi revelada a nacionalidade dos dois passageiros.

A carga ilegal foi detectada pela polícia canina, treinada especificamente para chifres de rinocerontes. A porta-voz do Serviço de Receitas da África do Sul (SARS), Marika Muller, revelou que no interior das malas dos dois passageiros foram encontrados 34 chifres de rinoceronte, pesando no total 41 quilos. Esta foi a maior apreensão de chifres de rinoceronte realizada por uma equipe do SARS no Aeroporto Internacional Oliver Tambo, acrescentou Muller.

Desde 2008, regista-se uma escalada de casos de abate ilegal de rinocerontes devido a crescente procura de chifres no continente asiático, onde chegam a ser comercializados a um preço de 65.000 dólares norte-americanos por quilograma no mercado negro, uma soma que supera a cotação do ouro ou platina.

A demanda surge devido a crença de que os chifres de rinoceronte podem curar ou prevenir o cancro, para além de também serem usados como afrodisíaco e para o fabrico de poções mágicas.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!