Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Distritos de Namuno e Balama serão electrificados até Dezembro próximo

Os distritos de Namuno e Balama, os únicos que ainda não estão ligados à rede nacional de energia eléctrica, na província de Cabo Delgado, serão electrificados até Dezembro próximo, garantiu o ministro da Energia, Salvador Namburete.


O governante fez este pronunciamento no decurso da cerimónia de lançamento da primeira pedra ocorrida, na semana passada, nas vilas sedes dos distritos de Namuno e Balama, para a implementação do projecto da Electricidade de Moçambique (EDM), visando a electrificação destes dois distritos.

“Todos os distritos da província de Cabo Delgado já se encontram electrificados, com excepção de Namuno e Balama, por razões de limitações financeiras. Uma vez mobilizados os recursos financeiros, lançámos os concursos públicos para a selecção do empreiteiro, cujas obras já se iniciaram”, disse Salvador Namburete, assegurando que “até 31 de Dezembro próximo, os dois distritos terão energia da rede nacional”.

Existem projectos idênticos em curso noutras províncias, segundo referiu Salvador Namburete, acrescentando que o plano é, até 2014, ter a totalidade dos 128 distritos do País ligados à rede eléctrica nacional: “Neste momento, não há nenhum distrito não ligado que não tenha projecto; Namuno e Balama tinham ficado atrás, porque não tínhamos identificado o financiamento necessário”.

Namburete realçou que “estamos a fazer os possíveis junto aos empreiteiros e à própria EDM, no sentido de garantir que maior número possível de distritos fique ligado ainda este ano para que, no próximo ano, possamo-nos dedicar à gestão de eventuais atrasos e problemas técnicos”.

Para o governador da província de Cabo Delgado, Eliseu Machava, a electrificação de Namuno e Balama vai contribuir para a maior atracção de investimentos e desenvolvimento sócio-económico. “Namuno e Balama são regiões altamente produtivas, pelo que pensamos que a sua electrificação vai acelerar bastante o desenvolvimento da província e, principalmente dos dois distritos, pois possuem terras muito férteis”, finalizou.

Abordado à margem da cerimónia, o Presidente do Conselho de Administração da EDM, Augusto de Sousa Fernando, indicou que o projecto de electrificação de Balama e Namuno é financiado pelo Governo de Moçambique, em cerca de 111 milhões de meticais.

A ligação dos distritos de Namuno e Balama à rede nacional, conforme explicou Augusto de Sousa, compreenderá duas linhas de transporte com 60 quilómetros de comprimento cada, a partir de Montepuez.

“Neste momento, o projecto encontra-se numa fase avançada do lado de Balama por uma questão técnica, pois o terreno entre Balama e Montepuez apresenta-se muito complicado e tomando em consideração que vamos entrar agora na época chuvosa, se tivéssemos começado doutro lado, enfrentaríamos muitas dificuldades na época chuvosa”, disse, ajuntando que “em Balama já temos todos os postes implantados, pelo que, neste momento, estamos a fazer o lançamento dos condutores”.

O PCA afirmou igualmente que, do lado de Namuno, os trabalhos estão em curso, e, uma vez que do lado de Balama está praticamente concluído, esforços serão levados a cabo em Namuno, de forma a garantir a electrificação dos dois distritos até Dezembro próximo.

Num outro desenvolvimento, Augusto de Sousa referiu que, para além da distribuição de energia eléctrica ao nível das vilas de Namuno e Balama, o projecto prevê a ligação a vários consumidores, instituições públicas e privadas, bem como a iluminação pública.

 

 

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!