Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Dezenas de malawianos ilegais detidos em Inhambane

Trinta e sete cidadãos de nacionalidade malawiana foram detidos semana passada pela Polícia da República de Moçambique na Maxixe, província de Inhambane, quando viajavam ilegalmente com destino à vizinha África de Sul.

Segundo o jornal Notícias, os imigrantes ilegais, cuja viagem foi frustrada na cidade da Maxixe, estavam divididos em dois grupos, o primeiro dos quais foi neutralizado no bairro Mabil quando o autocarro no qual viajavam avariou. O segundo grupo, composto por 13 elementos, foi neutralizado na terminal de autocarros na cidade da Maxixe, graças a denúncias populares.

De acordo com o comandante da PRM na Maxixe, Joaquim de Nascimento, o primeiro grupo de 24 pessoas encontrado na última terça-feira fazia-se transportar num autocarro da companhia Timeline, com a chapa de inscrição BS684D que transportava um total de 72 passageiros todos provenientes do Malawi e com destino à África do Sul.

Nascimento explicou que outros passageiros do mesmo autocarro em número de 48 que tinham documentação continuaram a sua viagem e os considerados ilegais foram já repatriados para o país de origem numa operação que envolveu as autoridades migratórias na província de Inhambane.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!