Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Detido em Maputo indivíduo que matou na Africa do Sul

A Polícia moçambicana (PRM) deteve, Segundafeira, na província de Maputo, um indivíduo que era procurado pela Polícia sul-africana desde Setembro passado por ter cometido um crime de homicídio voluntário naquele pais vizinho.

 

 

Trata-se de um indivíduo conhecido por António, 44 anos de idade, que a 11 de Setembro passado matou um seu compatriota de nome Adriano, que na altura se encontrava na também chamada “terra do rand”.

Segundo o porta-voz do Comandogeral da PRM, Pedro Cossa, depois de matar o seu compatriota, António feriu gravemente a irmã da vítima identificada pelo nome de Amélia.

“Depois de cometer estes crimes, ele abandonou a África do Sul e veio refugiar-se em Moçambique e só ontem (Segunda-feira) se identificou o seu paradeiro”, explicou Pedro Cossa, falando hoje em Maputo durante o habitual briefing semanal com a imprensa.

O suposto criminoso foi detido algures em Boane, na noite desta Segundafeira, e neste momento encontra-se encarcerado numa das esquadras da PRM em Maputo.

Um outro homicídio voluntário reportado hoje pela Polícia ocorreu Segunda-feira na província central de Sofala. Cossa explicou que trata-se de um caso em que indivíduos desconhecidos se introduziram numa residência onde agrediram uma cidadã até a morte.

O crime foi cometido com recurso a uma catana. “Nós estamos tristes com acidentes de viação e homicídios voluntários que ocorrem nas nossas residências”, disse Cossa.

A fonte acrescentou ainda que “não podemos continuar com situações desta natureza de pessoas a conduzirem com excesso de velocidade e espancamento de pessoas nas famílias que resultam na morte de pessoas”.

Fazendo um balanço da quadra natalícia, Pedro Cossa considerou de positiva a situação de segurança do país durante esse período, com excepção do registo de acidentes de viação em algumas províncias.

“Não fosse os acidentes de viação e homicídios, até arriscaríamos em fazer um balanço positivo do Natal. No próprio dia 25 de Dezembro, registamos apenas quatro acidentes de viação, um na cidade de Maputo, que não resultou em nenhum óbito, dois óbitos na Zambézia, dois em Tete e um em Cabo Delgado”, disse.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!