Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Desconhecidos matam pastor da IURD em Nampula

O pastor brasileiro da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) em Nampula, que respondia pelo nome de Gilmar Pereira, morreu no princípio da tarde da passada sexta-feira (25), vítima de uma agressão perpetrada por indivíduos de má-fé ainda a monte. Na altura do assassinato, o malogrado encontrava-se com o seu colega, neste momento a contas com a Polícia da República de Moçambique (PRM), numa serra localizada no bairro de Muahivire, arredores da cidade de Nampula, onde alegadamente pretendiam fazer uma oração.

A PRM em Nampula não avançou detalhes sobre o crime descrito no Código Penal moçambicano,  no seu artigo 157, na alínea b), como sendo homicídio voluntário qualificado e que o autor deve ser punido com uma pena de prisão maior de vinte a vinte e quatro anos.

Informações não oficiais dão conta de que a vítima e o seu companheiro teriam sido interpelados por um grupo de indivíduos de pretensa conduta duvidosa logo após o término da oração. Os supostos assassinos, ainda não identificados, desferiram fortes golpes contra Gilmar Pereira, o que ditou a sua morte precoce.

O malogrado perdeu muito sangue e não teve socorro, pelo que não resistiu aos ferimentos. Os malfeitores puseram-se em fuga quando se aperceberam de que Pereira já estava à beira da morte.

Os agentes da Lei e Ordem do Comando Provincial da PRM em Nampula confirmaram o facto à nossa Reportagem mas sem pormenores. A corporação assegurou estar a efectuar diligências no sentido de esclarecer o crime.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!