Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

De Janeiro a Setembro deste ano: INSS arrecada mais de 2 mil milhões MT na carteira de investimentos

De Janeiro a Setembro deste ano: INSS arrecada mais de 2 mil milhões MT na carteira de investimentos

Foto de Fim de SemanaO Instituto Nacional de Segurança Social (INSS) arrecadou, de Janeiro a Setembro do ano em curso, na sua carteira de activos de investimentos, uma receita no valor de 2.105.743.735,22 meticais, o correspondente a 92,6 por cento. O valor representa um acréscimo em 13,1 por cento em relação ao igual período do ano passado.

Estes dados foram avançados pelo director-geral do INSS, Alfredo Mauaie, na segunda-feira, 12 de Novembro, na cidade da Beira, província de Sofala, durante a abertura do IIIº Seminário Nacional da Direcção de Administração e Finanças (DAF).

O encontro que decorre sob o lema “30 Anos Modernizando para Melhor Servir” junta mais de 70 participantes das diversas áreas ligadas à Administração e Finanças, Património e Participações Financeiras, entre director de Serviços, chefes de Departamento, chefes de Repartição, chefes de Secção e técnicos dos níveis central e provincial.

A carteira de activos de investimentos do INSS distribuiu-se em depósitos à prazo, obrigações de tesouro e corporativas, bilhetes de tesouro, papel comercial, participações em sociedades, desenvolvimento imobiliário e património do ex-FAST (Fundo da Acção Social no Trabalho).

O director-geral, que destacou e saudou o desempenho da Direcção de Administração e Finanças, referiu-se à contenção das despesas através de várias medidas que a instituição tem vindo a tomar, o que possibilitou a poupança, durante o período em referência, de 5.361.486,19 meticais.

Apontou ainda como uma das acções de capital importância, a publicação regular das contas de exercícios económicos do INSS, tendo o último relatório sido publicado em Outubro de 2018: “Encorajamos que se mantenha este ritmo de prestação contínua e pontual de contas a todos interessados”, frisou.

Alfredo Mauaie realçou o facto de o encontro realizar-se numa altura em que o INSS tem vindo a conhecer avanços significativos no processo de modernização e informatização do Sistema, que se traduz na automatização dos procedimentos e maximização dos mecanismos de controlo e gestão.

“Com a informatização do INSS, o Sistema já dispõe de vários recursos electrónicos disponibilizados pelas plataformas criadas, que permitem, dentre vários aspectos, a remessa de contribuições e a obtenção da certidão de quitação automatizada, sem precisar que os contribuintes se desloquem aos serviços do INSS”, assinalou.

O evento, de dois dias, vai discutir, dentre vários temas, o impacto da Política e Estratégia de Investimentos do INSS; o impacto da certidão de quitação automatizada versus cobrança da dívida; o ponto de situação do saneamento da dívida de contribuições e os desafios da implementação do Sistema de Informação de Segurança Social de Moçambique (SISSMO) no INSS.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!