Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Cristiano Ronaldo conquista Bola de Ouro da Fifa pela terceira vez

O português Cristiano Ronaldo conquistou a Bola de Ouro da FIFA, pelo segundo ano consecutivo e pela terceira vez na história, nesta segunda-feira depois de uma temporada produtiva e recheada de troféus pelo Real Madrid.

O atacante português obteve37,66 porcento dos votos e terminou muito distante do argentino Lionel Messi, que arrecadou 15,76 porcento dos votos. “Quero agradecer a todos que votaram em mim”, disse o jogador de 29 anos ao receber o troféu.

“Foi um ano incrível, quero continuar o trabalho que fiz até agora. Quero tentar melhorar, tornar-me melhor a cada dia.”

“Nunca pensei que levaria esse troféu para casa três vezes e quero vencê-lo de novo. Quero tornar-me um dos melhores jogadores da história”, disse ele, antes de gritar “Sim” no microfone.

O guarda-redes do Bayern de Munique e da selecção da Alemanha Manuel Neuerc ficou por pouco na terceira posição, somando 15,72 porcento dos votos na premiação realizada anualmente em conjunto pela FIFA e pela revista France Football.

Os votos são dados pelos técnicos e capitães das selecções nacionais, além de um jornalista de cada país. Cristiano Ronaldo marcou 51 golos em 47 partidas na temporada passada, a mesma em que o Real conquistou a Liga dos Campeões pela décima vez, um recorde, além da Copa do Rei.

A sua marca inclui 17 golos anotados pela Liga dos Campeões Europeus, um recorde para uma única edição do torneio.

Desde então, ele acrescentou o título do “Mundial” de Clubes à sua colecção, marcou 26 golos em 17 partidas do Campeonato Espanhol e caminha para esmagar o recorde de Lionel Messi, de 50 golos marcados na principal competição da Espanha na temporada 2011-2012.

Tudo isso parece o bastante para deixar para trás a frustração do “Mundial” de 2014, no Brasil, em que Portugal foi eliminado na primeira fase e Cristiano Ronaldo marcou apenas um golo. Ainda assim, ele é o maior marcador da história da sua selecção, com 52 golos em 117 partidas.

Messi, por outro lado, chegou à final da Copa do Mundo com a Argentina, mas foi derrotado pela Alemanha, de Neuer. Cristiano Ronaldo ganhou o prémio de Melhor do Mundo pela primeira vez em 2008, quando a premiação era organizada somente pela FIFA.

Na ocasião, ele ficou à frente de Messi. Messi conquistou o prémio por quatro anos seguidos, entre 2009 e 2012, com Cristiano Ronaldo em segundo lugar em três ocasiões, antes de o português reverter a tendência no ano passado.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!