Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Criança assassinada para extracção de órgãos no Niassa

Três indivíduos, um dos quais se encontra detido, mataram e deceparam os órgãos genitais e visuais de um menor que, em vida, respondia pelo nome de Fernando Alberto, de 14 anos de idade.

O caso ocorreu no posto administrativo de Chiuta, distrito de Mecanhelas, onde, com recursos a instrumentos contundentes, acabaram com a vida daquele petiz.

Segundo o chefe de imprensa no comando provincial da PRM, Samuel Omade, citado pelo jornal Diário de Moçambique, a polícia está a encetar esforços no sentido de neutralizar os restantes dois indivíduos para serem encaminhados a justiça.

Entretanto, já na cidade de Lichinga, dois indivíduos, indiciados de roubo de dois sacos de feijão e um plasma, estão a contas com as autoridades.

Um deles responde pelo nome de Estêvão Mussa, de 16 anos de idade, tido como ladrão confesso de dois sacos de feijão, no bairro de Chiulugo, e outro é Tomas João Vaz, que igualmente confessou ter roubado um plasma numa estância turística em Meponda.

Ainda no Niassa, a polícia diz ter registado dois acidentes de viação que culminaram com dois feridos graves contra três da semana anterior.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!