Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Cresce consciência jurídica dos cidadãos desfavorecidos

A província de Nampula tem vindo a registar, nos últimos tempos, um aumento da consciência jurídica dos cidadãos economicamente desfavorecidos, que se manifesta pela crescente solicitação dos auspícios do Instituto de Assistência Jurídica (IPAJ), para se defenderem nos tribunais e noutras situações de conflito com a lei.

A confirmar esta sensibilidade dos cidadãos na demanda dos serviços do IPAJ a fim de se defenderem melhor, um total de 18.509 pessoas foram atendidas ao longo do ano transacto, contra os 16.350 inicialmente planificados.

Este “despertar” da consciência jurídica dos cidadãos de baixa renda, sem acesso aos serviços de advogados, resulta do facto de, ao longo do período em alusão, o IPAJ, em coordenação com a Direcção Provincial de Justiça, Tribunal Judicial e Procuradoria da República, ter levado a cabo trabalhos de educação cívica e jurídica aos cidadãos, principalmente nas zonas rurais onde o “défice” de informação acerca dos seus direitos fundamentais é maior.

Segundo Nicolau Ferreira, delegado provincial do IPAJ em Nampula, para o presente ano, a instituição que dirige pretende envidar esforços no sentido de reduzir a distância entre a instituição e os usuários dos seus serviços, através de criação de mais delegações distritais.

Pretendemos chegar em zonas mais recônditas, caso de Nacaroa e Lalaua – través da transformação das delegações ali existentes, de ambulatórias para fixas, à semelhança do que está acontecer noutros distritos.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!