Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Publicidade

Covid-19: sete mortos em Maputo Cidade e Província; explosão de infecções na Cidade de Inhambane e no Distrito Municipal de KamPfumo

coronavirus1701-maputo-cidade

Mais sete moçambicanos morreram por covid-19 na Cidade e Província de Maputo. Neste domingo (17) Moçambique ultrapassou os 26 mil casos positivos da pandemia com novas explosões de infecções a serem registadas nas cidades de Maputo, Inhambane e Xai-Xai e ainda com um novo recorde de doentes internados.

O Ministério da Saúde (MISAU) anunciou o registo de mais sete óbitos em pacientes infectados pelo novo coronavírus, dos quais dois óbitos na Província de Maputo e cinco óbitos na Cidade de Maputo. “Trata-se de seis pacientes do sexo masculino e um paciente do sexo feminino. De entre os pacientes que resultaram em óbito, três pacientes estavam na faixa etária de 55-64 anos de idade e quatro pacientes tinham mais de 65 anos de idade”.

“Todos são indivíduos de nacionalidade moçambicana e evoluíram para óbito após o agravamento do seu estado de saúde durante o período de internamento em unidades hospitalares da Província e Cidade de Maputo. Destes, um óbito foi declarado no dia 07/01/2021, um óbito foi declarado no dia 14/01/2021, quatro óbitos foram declarados no dia 16/01/2021 e um óbito foi declarado no dia 17/01/2021. Até o momento, Moçambique registou um cumulativo de duzentos e quarenta e um (241) óbitos devido à covid-19”, refere ainda o boletim epidemiológico do MISAU.

Nas últimas 24 horas as autoridades sanitárias identificaram 689 novos infectados pelo SARS-CoV-2, todos em resultado de transmissões locais – 658 são moçambicana, 20 são estrangeiros e onze casos são indivíduos de nacionalidades ainda por apurar – que aumentaram para 26.551 o total de casos positivos registados desde Março de 2020.

O @Verdade apurou que 290 infectados foram detectados no Distrito Municipal de KamPfumo, subindo para 13.364 o cumulativo de casos positivos na Cidade de Maputo.

Na Cidade de Inhambane foram diagnosticados 138 novos doentes que elevaram para 819 o total de casos positivos na Província de Inhambane.

Na Província de Gaza o cumulativo cresceu para 1.025 casos positivos com a identificação de 81 novos pacientes na Cidade de Xai-Xai.

Na Cidade da Beira as autoridades sanitárias detectaram 52 novos infectados, aumentando para 976 o total de casos positivos na Província de Sofala.

Recorde de doentes de covid-19 internados

Foram ainda diagnosticados novos surtos da pandemia na Cidade da Matola, 33 novos infectados, na Cidade de Nampula, 25 novos infectados, na Cidade de Quelimane, 21 novos infectados, na Cidade de Lichinga, 19 novos infectados, na Cidade de Tete, 16 novos infectados, e na Cidade do Chimoio, 14 novos infectados.

O boletim epidemiológico do MISAU indica também que “as últimas 24h registamos um total de 13 novos internamentos hospitalares (um na Província de Sofala, um na Província de Gaza, dois na Província de Maputo e nove na Cidade de Maputo) e quatro (4) altas hospitalares (1 na Província de Sofala e 3 na Cidade de Maputo)”, somando um recorde de 207 doentes de covid-19 internados, 173 deles na capital moçambicana.

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: Content is protected !!