Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Publicidade

Covid-19: novos surtos pelas províncias de Nampula, Inhambane e Gaza. Pandemia mata mais dois moçambicanos

coronavirus2809-dash-activos

Os casos activos da pandemia respiratória desceram abaixo dos 2 mil indivíduos, pela primeira vez desde finais de Junho. Nesta terça-feira(28) novos surtos da covid-19 eclodiram pelas províncias de Nampula, Inhambane e Gaza. Mais dois moçambicanos não resistiram ao novo coronavírus e morreram.

Desde 22 de Junho que o número de casos activos da pandemia não era tão baixo: 1.813 indivíduos. Entretanto nas últimas 24 horas mais 32 moçambicanos testaram positivo para o SARS-CoV-2, todos em resultado de transmissões locais, que aumentaram para 150.572 o cumulativo de casos positivos registados em Moçambique, desde Março de 2020.

O @Verdade apurou que novos surtos eclodiram pela Província de Nampula com um novo infectado no Distrito de Rapale, dois no Município de Malema e cinco na Cidade de Nampula.

Na Província de Inhambane foram detectados um novo infectado no Município da Massinga, um no Distrito de Zavala, um no Município de Vilankulo e três na Cidade de Inhambane.

Pela Província de Gaza foram identificados dois novos infectados na Cidade Xai-Xai e três no Município de Mandlakazi.

Outros infectados foram diagnosticados: seis na Cidade de Maputo, dois na Cidade de Pemba, um na Cidade da Matola, um na Cidade da Beira e um no Distrito de Mecufi.

O Ministério da Saúde(MISAU) actualizou para 1.912 o cumulativo de vítimas mortais da pandemia com a notificação de mais dois óbitos em pacientes infectados pelo novo coronavírus, um na Cidade de Maputo e outro na Província de Manica.

“Trata-se de dois indivíduos do sexo masculino, ambos de nacionalidade moçambicana e de 24 e 43 anos de idade, cujos óbitos foram declarados nos dias 26/09/2021 e 27/09/2021”, refere o Boletim Epidemiológico do MISAU que indica estarem internados nos covidários 33 doentes no seguimento de três novos internamentos e de seis altas hospitalares.

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: Content is protected !!