Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Publicidade

Covid-19: Moçambique atinge 80 mil positivos e ultrapassa 900 óbitos. Explosão de infectados em Maputo, Chimoio e Beira e novos surtos pelas províncias de Tete, Niassa e Nampula

coronavirus0407-dash

Moçambique atingiu os 80 mil casos positivos da pandemia respiratória causada pelo novo coronavírus e ultrapassou as 900 vítimas mortais. Neste domingo(04) houve explosão de infectados pela covid-19 nas cidades de Maputo, Chimoio e Beira e novos surtos pelas províncias de Tete, Niassa e Nampula.

O Ministério da Saúde(MISAU) actualizou para 904 o cumulativo de vítimas mortais em Moçambique da pandemia que surgiu em 2019 na China após a notificação de mais sete óbitos em pacientes infectados pelo novo coronavírus, “seis do sexo masculino e um do sexo feminino, todos de nacionalidade moçambicana e cujas idades variam entre 06 e 75 anos. Todos os óbitos hoje notificados foram declarados no dia 3/07/2021”.

O MISAU indica que aumentaram para 228 os pacientes internados nos covidários na sequência de 50 novos internamentos e de 17 altas hospitalares. Apenas na Província de Cabo Delgado não existem doentes no Centro de Internamento de covid-19.

Entretanto Moçambique atingiu o cumulativo de 80.151 casos positivos registados, desde Março de 2020, com a identificação nas últimas 24 horas de 938 infectados pelo SARS-CoV-2, todos em resultado de transmissões locais, entre eles 920 moçambicanos, dos quais 588 com idades entre os 15 e os 44 anos.

O @Verdade apurou que na Cidade de Maputo foram identificados três novos infectados no Distrito Municipal de Ketembe, 23 no Distrito Municipal de Kamaxaqueni,34 no Distrito Municipal de Kamubukwana, 80 no Distrito Municipal de Kanlhamanculo, 119 no Distrito Municipal de Kamavota e 281 no Distrito Municipal de KamPfumo.

Na Província de Tete eclodiu um surto no Distrito do Zumbo e foram detectados dois novos infectados no Distrito de Mágoe, quatro no Distrito de Macanga, cinco no Distrito de Marara, seis no Distrito de Changara, seis no Distrito de Cahora-Bassa, seis no Distrito de Marávia, oito no Distrito de Doa, dez no Distrito de Chifunde e 20 no Distrito de Angónia.

Novos surtos eclodiram pela Província do Niassa com cinco novos infectados no Distrito de Matarica, nove no Distrito de Marrupa e 18 na Cidade de Lichinga.

Pela Província de Nampula foram diagnosticados novos surtos com um novo infectado no Distrito de Muecate, um no Distrito de Nacala-à-Velha, um no Distrito de Meconta, dois no Distrito de Ribáue, dois no Distrito de Malema, dois no Município de Nacala-Porto e sete na Cidade de Nampula.

Uma explosão de infectados foi registada na Cidade do Chimoio com a identificação de 126 novos infectados que tornaram Manica na quinta província com mais casos activos, 393.

Na vizinha Província de Sofala os casos activos subiram para 573 com a detecção de 84 novos infectados na Cidade da Beira.

Pela Província de Maputo foram diagnosticados dois novos infectados no Município da Manhiça, sete no Município de Boane, onze no Distrito da Moamba, 13 no Distrito de Marracuene e 17 na Cidade da Matola.

Outros surtos foram identificados com 12 novos infectados na Cidade do Xai-Xai, cinco no Município de Vilankulo, dois no Distrito do Limpopo, um no Distrito de Mabote, um no Distrito de Inharrime e um na Cidade de Pemba.

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: Content is protected !!