Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

ADVERTISEMENT

Covid-19: mais cinco moçambicanos morrem. Novos surtos na Área Metropolitana do Grande Maputo, nas cidades da Beira, Chimoio e Lichinga

coronavirus2603-nacional

Mais cinco moçambicanos não resistiram a covid-19 e perderam a vida. Nesta sexta-feira (26) centenas de novos infectados foram diagnosticados com novos surtos da pandemia na Área Metropolitana do Grande Maputo e nas cidades da Beira, Chimoio e Lichinga.

O Ministério da Saúde (MISAU) actualizou para 758 o cumulativo de vítimas mortais da pandemia respiratória com a notificação de três óbitos em pacientes infectados pelo novo coronavírus na Cidade de Maputo e outros dois na Província de Maputo. “Quatro dos pacientes eram do sexo masculino e um paciente do sexo feminino, todos de nacionalidade moçambicana e cujas idades variam entre 43 e 76 anos de idade”.

Com os óbitos, 16 novos internamentos e 14 altas hospitalares nas últimas 24 horas voltaram a reduzir os doentes nos covidários para 112 internados.

Nas últimas 24 horas passaram a ser 66.879 casos positivos registados em Moçambique com a identificação de 117 novos infectados pelo SARS CoV-2 – entre eles 103 moçambicanos e 14 estrangeiros -, todos em resultado de transmissões locais.

O @Verdade apurou que 70 dos novos infectados foram detectados na Área Metropolitana do Grande Maputo, onde o semi-confinamento está reforçado com recolher obrigatório nocturno.

Pela Cidade de Maputo foram detectados 29 novos infectados no Distrito Municipal de KamPfumo, 15 no Distrito Municipal de Kamavota, sete no Distrito Municipal de Kanlhamanculo e um no Distrito Municipal de Kamubukwana.

Na Província de Maputo foram diagnosticados oito novos infectados no Distrito de Marracuene, seis no Município de Boane, quatro na Cidade da Matola e dois no Município da Manhiça.

Novos surtos eclodiram com 15 novos infectados pela Província do Niassa, 15 na Cidade da Beira, 13 na Cidade do Chimoio e um na Cidade de Quelimane.

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

error: Content is protected !!