Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Publicidade

Covid-19: mais 12 óbitos em Maputo, Nampula e Cabo Delgado. Identificados 1.173 novos infectados. Novo máximo de internamentos em Moçambique

coronavirus0302-nacional

Mais 12 óbitos devido a pandemia do novo coronavírus ocorreram na Cidade e Província de Maputo e nas províncias de Nampula e Cabo Delgado. Foram identificados 1.173 novos infectados pela covid-19, devido a explosão de centenas de novas infecções no Distrito Municipal de KamPfumo e nas cidades da Beira, Xai-Xai, Matola e Inhambane. Ainda nesta quarta-feira (03) foi registado um novo máximo de internamentos em Moçambique.

O Ministério da Saúde (MISAU) notificou mais 12 óbitos em pacientes infectados pelo novo coronavírus, nove na Cidade de Maputo, um na Província de Maputo, um na Província de Nampula e outro na Província de Cabo Delgado.

“Nove pacientes do sexo masculino e três pacientes do sexo feminino; dez pacientes de nacionalidade moçambicana e dois pacientes estrangeiros, cujas idades variam entre 25 e 77 anos de idade. Destes, um óbito foi declarado no dia 29/01/2021, nove óbitos foram declarados no dia 02/02/2021 e dois óbitos foram declarados no dia 3/02/2021”, detalha o boletim epidemiológico do MISAU que actualizou para 415 o cumulativo de óbitos desde a eclosão da pandemia em Moçambique.

Nas últimas 24 horas as autoridades sanitárias identificaram 1.173 novos infectados pela covid-19, todos em resultado de transmissões locais, elevando para 41.433 o total de casos positivos registados desde Março no país. Entre os novos doentes 1.139 são moçambicanos e 20 são estrangeiros.

O @Verdade apurou que 316 dos novos infectados foram detectados no Distrito Municipal de KamPfumo, onde estão 95 por cento dos 19.516 casos positivos registados na Cidade de Maputo.

Uma explosão de 195 infectados foi diagnosticada na Cidade da Beira, subindo para 1.501 o cumulativo de casos positivos na Província de Sofala.

Outra explosão com 148 novos infectados foi identificada na Cidade de Xai-Xai, aumentando para 2.189 o total de casos positivos na Província de Gaza.

Duas outras explosões de 122 e 121 novos infectados foram detectadas nas cidades da Matola e de Inhambane, elevando para 6.514 e 2.142 os cumulativos de casos positivos nas províncias de Maputo e de Inhambane, respectivamente.

Outros surtos foram diagnosticados na Cidade de Pemba, 71 novos infectados, na Cidade de Lichinga, 70 novos infectados, na Cidade de Nampula, 41 novos infectados, na Cidade do Chimoio, 34 novos infectados, na Cidade de Tete, 34 novos infectados, e na Cidade de Quelimane, 21 novos infectados.

Devido ao internamento de 56 novos doentes, Moçambique registou um novo máximo de doentes hospitalizados nos Centros de Internamento de covid-19 e em outras unidades hospitalares: 335 internados.

Na Cidade de Maputo estão internados 239 pacientes, na Província de Maputo 21 doentes, na Província de Sofala 19 pacientes, na Província de Tete 18 doentes, na Província de Inhambane 12 pacientes, na Província da Zambézia nove doentes, na Província de Gaza sete pacientes, na Província de Cabo Delgado três doentes, na Província de Manica três doentes, na Província do Niassa dois pacientes e na Província de Nampula outros dois doentes.

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: Content is protected !!