Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Publicidade

Covid-19: mais 12 óbitos em Maputo, Gaza, Sofala e Zambézia. Moçambique ultrapassa 42 mil casos positivos

coronavirus0402-nacional

Moçambique ultrapassou os 42 mil casos positivos da pandemia causada pelo novo coronavírus, o Distrito Municipal de KamPfumo continua o epicentro com 44 por cento dos casos diagnosticados desde Março. Nesta quinta-feira (04) foram registados mais 12 vítimas mortais da covid-19 na Cidade e Província de Maputo, e nas províncias de Gaza, Sofala e Zambézia.

O Ministério da Saúde (MISAU) anunciou a notificação de mais 12 óbitos em pacientes infectados pelo novo coronavírus, sete na Cidade de Maputo, um na Província de Maputo, dois na Província de Gaza, um na Província de Sofala e um na Província da Zambézia.

De acordo com o boletim epidemiológico do MISAU sete eram pacientes do sexo masculino e cinco pacientes do sexo feminino, “todos de nacionalidade moçambicana e cujas idades variam entre 9 e 75 anos de idade. Destes, um óbito foi declarado no dia 02/02/2021, nove óbitos foram declarados no dia 03/02/2021 e dois óbitos foram declarados no dia 04/02/2021”.

Com estas vítimas mortais ascendeu a 427 o cumulativo de óbitos em Moçambique que passou a ter 42.488 casos positivos com a identificação nas últimas 24 horas de mais 1.055 infectados, todos em resultado de transmissões locais – 1.026 são moçambicanos, dois são estrangeiros e 27 indivíduos são de nacionalidades ainda por apurar.

O @Verdade apurou que 476 dos novos infectados foram detectados no Distrito Municipal de KamPfumo, onde estão 95 por cento dos 19.992 casos positivos registados na Cidade de Maputo e 44 por cento de todos os doentes da pandemia no país.

Gaza tornou-se na 4ª província com o maior número de casos positivos após terem sido diagnosticados mais 176 infectados nas últimas 24 horas, subindo para 2.365 o cumulativo provincial.

A Província de Maputo é a 2º com mais casos positivos, 6.641, tendo identificado mais 127 infectados na Cidade da Matola.

Outra explosão de infectados voltou a ocorrer na Cidade da Beira que detectou 124 novos doentes, elevando para 1.625 o cumulativo na Província de Sofala.

Foram também diagnosticados novos surtos na Cidade de Inhambane, 81 infectados, na Cidade de Nampula, 27 infectados, na Cidade de Quelimane, 21 infectados, na Cidade de Tete, 13 infectados, na Cidade do Chimoio, sete infectados, e na Cidade de Lichinga, três infectados.

O MISAU indica ainda no seu boletim epidemiológico desta quinta-feira (04) que foram registadas 26 altas hospitalares mas outros 38 doentes tiveram de ser hospitalizados, mantendo em 335 os infectados actualmente nos Centros de Internamento de covid-19 e em outras Unidades Hospitalares de Moçambique.

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: Content is protected !!