Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Publicidade

Covid-19: já não havia tantos novos casos em Moçambique desde Julho, positividade na Província de Maputo perto de 50 por cento. Pandemia mata mais um moçambicano

coronavirus-dash2312-posit-sul

Mais 2,4 mil infectados pela covid-19 foram identificados nesta quinta-feira(23) em Moçambique, já não havia tantos novos casos em 24 horas desde o pico da 3ª vaga em Julho. Os casos activos ultrapassaram os 14 mil com a Província de Maputo a destacar com uma taxa de positividade de quase 50 por cento. A pandemia respiratória causou a morte de mais um moçambicano.

O Ministério da Saúde(MISAU) actualizou para 1.961 o cumulativo de vítimas mortais da pandemia em Moçambique no seguimento da notificação, nas últimas 24 horas, de mais um óbito na Cidade de Maputo “de um paciente de 69 anos de idade, do sexo feminino e ocorreu hoje, dia 23/12/2021”.

O Boletim Epidemiológico indica que continuam internados 98 pacientes nos Centros de Internamento de covid-19 e em outras Unidades Hospitalares do País na sequência de 21 novos internamentos.

Entretanto um novo máximo de infectados nos últimos 4 meses foi registado na últimas 24 horas: 2.445 indivíduos positivos para o SARS-CoV-2, todos em resultado de transmissões locais e entre eles 2.424 moçambicanos, elevando para 167.307 o cumulativo de casos positivos registados desde Março de 2020, dos quais 14.101 estão activos.

Com uma Taxa de Positividade recorde de 47,95 por cento a Província de Maputo detectou 782 novos infectados, elevando para 4.407 os casos activos, dos quais 497 na Cidade da Matola, 58 no Distrito de Matutuíne, 32 no Município de Boane, 24 no Distrito de Marracuene, 26 no Município da Manhiça, 15 no Município da Namaacha, onze no Distrito de Magude, sete no Distrito da Moamba e três no Distrito de Magude.

Na Cidade de Maputo, onde a Taxa de Positividade é de 44,01 por cento, foram identificados 727 novos positivos, aumentando para 5.372 os casos activos, dos quais 301 no Distrito Municipal de KamPfumo, 182 no Distrito Municipal de Kamaxaqueni, 157 no Distrito Municipal de Kanlhamanculo e 82 no Distrito Municipal de Kamavota.

Pela Província de Inhambane ascenderam a 1.260 os casos activos após o diagnóstico de 238 novos infectados que impulsionaram a Taxa de Positividade para 41,68 por cento com 78 novos doentes na Cidade de Inhambane, 72 no Distrito de Zavala, 17 no Município da Maxixe, 16 no Distrito de Panda, 12 no Município da Massinga, dez no Município de Vilankulo, dez no Distrito de Inhassoro, oito no Distrito de Govuro, sete no Distrito de Morrumbene, cinco no Distrito de Funhaloro e três no Distrito de Jangamo.

Com uma Taxa de Positividade de 35,19 por cento a Província de Gaza detectou 209 novos infectados, subindo para 1.250 os casos activos, dos quais 42 no Município de Chibuto, 40 no Município de Mandlakazi, 30 no Distrito do Limpopo, 17 no Distrito de Mabalane, 16 no Distrito de Mapai, 14 na Cidade de Xai-Xai, dez no Distrito do Bilene, nove no Distrito de Chongoene, seis no Distrito de Chigubo, cinco no Distrito de Chicualacuala, cinco no Distrito de Massangena e cinco no Distrito de Massingir.

Na Província de Sofala, onde a Taxa de Positividade cresceu para 43,3 por cento, foram identificados 168 novos positivos, aumentaram para 342 os casos activos, dos quais 163 na Cidade da Beira, dois no Distrito do Búzi, um no Distrito de Chemba, um no Distrito de Chibabava e um no Distrito de Nhamatanda.

Pela Província de Manica subiram para 808 os casos activos após o diagnóstico de 119 novos infectados, com uma Taxa de Positividade de 22,71 por cento, dos quais 51 na Cidade do Chimoio, 44 no Município de Sussundenga, 13 no Distrito de Mossurize, sete no Município de Bárue, três no Distrito de Guro e um no Distrito de Vanduzi.

Foram ainda diagnosticados: 48 novos infectados na Cidade de Pemba, 37 na Cidade de Tete, 32 na Cidade de Nampula, 18 no Município do Guruè, dez na Cidade de Lichinga, oito no Município de Montepuez, sete no Distrito de Angónia, sete no Município de Cuamba, cinco no Distrito de Molumbo, cinco no Distrito de Marávia, cinco no Distrito de Nicoadala, quatro no Distrito de Marara, quatro no Distrito de Cahora-Bassa, três na Cidade de Quelimane, dois no Município de Moatize, dois no Distrito de Pebane, dois no Distrito de Morrumbala, um no Distrito de Mecufi, um no Município de Angoche e um no Município de Chiúre.

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: Content is protected !!