Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Publicidade

Covid-19: em Moçambique ainda não foi detectado nenhum caso da variante Ómicron

coronavirus-armindo1tiago2503

O Ministério da Saúde (MISAU) anunciou que em Moçambique ainda não foi detectado nenhum caso da pandemia respiratória causado pela variante Ómicron. Neste sábado(27) apenas cinco novos infectados pela covid-19 foram diagnosticados.

Pelo terceiro dia consecutivo o Ministério da Saúde (MISAU) não notificou nenhum óbito pela pandemia respiratória no país nem registou nenhum novo internamento ou alta hospitalar, continuando internados nos covidários da Cidade e Província de Maputo dois pacientes.

Nas últimas 24 horas cinco moçambicanos testarem positivo para o SARS-CoV-2, elevando para 151.520 o cumulativo de casos positivos registados, desde Março de 2020.

O @Verdade apurou que um novo surto eclodiu na Cidade de Maputo com dois novos infectados no Distrito Municipal de Kampfumo e dois no Distrito Municipal de Kamaxaqueni.

Na Província de Maputo foi diagnosticado um novo infectado no Distrito de Marracuene.

Relativamente a nova variante do novo coronavírus denominada B.1.1.529, entretanto denominada Ómicron, que na quarta-feira(24) as autoridades de saúde da República da África do Sul reportaram à Organização Mundial de Saúde (OMS) o MISAU indica que “em Moçambique ainda não foi detectado nenhum caso de covid-19 causado por esta variante do vírus”.

“De acordo com as orientações da OMS e do Centro Africano para a Prevenção e Controlo de Doenças (CDC Africa), o nosso País está a reforçar as medidas de prevenção e controlo da covid-19, nomeadamente: a vigilância sanitária, sobretudo nos postos fronteiriços; a testagem de casos suspeitos; a continuidade do processo de vacinação contra a covid-19; e a vigilância genómica”, refere ainda o MISAU em comunicado de imprensa.

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: Content is protected !!