Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Publicidade

Covid-19: ascendem a 30 mil os casos positivos em Moçambique que ultrapassa 1,4 mil óbitos

coronavirus1202-covidario-internamento10

Ascenderam a mais de 30 mil os casos positivos em Moçambique nesta sexta-feira(30) com centenas de novos infectados na Cidade de Maputo(passou dos 18 mil casos activos) e pelas províncias de Maputo(ultrapassou os 5 mil casos activos), Gaza, Inhambane, Sofala, Manica e Niassa. O país ultrapassou os 1,4 mil vítimas mortais da pandemia respiratória com o falecimento de mais 19 moçambicanos.

O Ministério da Saúde(MISAU) actualizou para 1.407 o cumulativo de vítimas mortais da pandemia em Moçambique após a notificação de mais 19 óbitos em pacientes infectados pelo novo coronavírus, todos moçambicanos. Os óbitos ocorreram 13 na Cidade de Maputo, dois na Província de Maputo, um na Província de Inhambane, um na Província de Sofala, um na Província de Tete e um na Província do Niassa.

“Destes, um óbito foi declarado no dia 27/07/2021, quatro no dia 28/07/2021, oito no dia 29/07/2021 e seis no dia 30/07/2021”, indica o Boletim Epidemiológico do MISAU que refere terem reduzido para 493 os internados nos covidários na sequência de 58 novos internamentos e de 47 altas hospitalares.

Entretanto o cumulativo de casos positivos chegou a 119.950 casos, dos 30.458 activos, com a identificação de mais 2.290 indivíduos positivos para o SARS-CoV-2, todos em resultado de transmissões locais e entre eles 2.260 moçambicanos.

Na Cidade de Maputo foi alcançado um novo marco de casos activos, 18.908, após a identificação de dois novos infectados no Distrito Municipal de KaTembe, 87 no Distrito Municipal de Kamaxaqueni, 95 no Distrito Municipal de Kamavota, 146 no Distrito Municipal de Kanlhamanculo e 408 no Distrito Municipal de KamPfumo.

O @Verdade apurou que a Província de Maputo chegou aos 5.097 casos activos com cinco novos infectados no Município da Namaacha, 12 no Município da Manhiça, 16 no Distrito de Marracuene, 21 no Distrito da Moamba, 172 na Cidade da Matola e 192 no Município de Boane.

Inhambane continua a ser a terceira província com o maior número de casos activos, 1.918, com um novo infectado no Distrito de Mabote, seis no Distrito de Funhaloro, sete no Distrito de Homoíne, 20 no Distrito de Zavala, 21 no Município de Vilankulo, 23 no Distrito de Morrumbene, 24 no Distrito de Panda, 37 no Distrito de Inhassoro, 42 no Município da Massinga, 69 na Cidade de Inhambane e 83 no Município da Maxixe.

A Província do Niassa passou a ter 1.224 casos activos devido a um novo infectado no Distrito de Mandimba, dois no Distrito de Chimbonila, dois no Município de Cuamba, três no Distrito de Nipepe, cinco no Distrito de Majune, seis no Distrito de Maúa, 12 no Distrito de Marrupa e 85 na Cidade de Lichinga.

Pela Província de Gaza eclodiram surtos com três novos infectados no Distrito de Mabalane, seis no Distrito de Massingir, nove no Município do Chibuto, 15 no Município de Mandlakazi, 28 no Distrito de Bilene, 30 no Município do Chókwè, 37 no Distrito de Limpopo e 54 na Cidade de Xai-Xai.

Sofala tornou-se na quinta província com o maior número de casos activos, 959, com quatro novos infectados no Distrito de Caia, cinco no Distrito de Gorongosa, 15 no Município de Marromeu, 29 no Município do Dondo e 175 na Cidade da Beira.

Outros surtos eclodiram com 147 novos infectados na Cidade de Chimoio, 19 na Cidade de Tete, 17 na Cidade de Quelimane, 12 na Cidade de Nampula, oito no Distrito de Mocubela, sete no Município da Maganja da Costa, sete no Distrito de Mueda, cinco no Distrito de Macossa, quatro no Distrito de Tsangano, quatro no Município de Milange, quatro no Distrito de Chiúta, quatro no Distrito de Macanga, três no Distrito de Namacurra, três no Distrito de Cahora-Bassa, três no Distrito de Mulevala, três no Município de Ribáue, dois no Distrito de Mutarara, dois no Distrito de Chifunde, dois no Distrito de Angónia, dois no Distrito de Changara, um na Cidade de Pemba, um no Município de Moatize, um no Distrito de Mágoe e um no Município de Montepuez.

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: Content is protected !!