Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

ADVERTISEMENT

Covid-19: apesar de poucos novos infectados taxa de positividade não baixa. Pandemia volta a matar em Moçambique

coronavirus1705-analise-obitos

Em mais um dia de pouca testagem apenas 21 novos casos positivos foram identificados nesta segunda-feira (17), a maioria pela Província da Zambézia, no entanto a taxa de positividade não baixa no país. Após 4 dias sem óbitos pandemia respiratória do novo coronavírus voltou a matar em Moçambique.

O Ministério da Saúde (MISAU) actualizou para 828 o cumulativo de vítimas mortais da pandemia após a notificação de mais dois óbitos em pacientes infectados pelo novo coronavírus na Cidade de Maputo. “Ambos do sexo masculino e de nacionalidade moçambicana, de 64 e 71 anos de idade. Os dois óbitos foram declarados no dia 16/05/2021”.

Nos covidários subiu para 23 o número de pacientes no seguimento de seis novos internamentos e de duas altas hospitalares.

Embora a 2ª vaga da pandemia tenha terminado e do registo de poucas dezenas de novos casos positivos diariamente a taxa de positividade mantém-se em 13,3 por cento em Moçambique.

O Boletim Epidemiológico do MISAU indica que nas últimas 24 horas foram diagnosticados 21 novos infectados pelo SARS-CoV2, todos moçambicanos e em resultado de transmissões locais que aumentaram para 70.463 o cumulativo de casos positivos registados no país, desde Março de 2020.

O @Verdade descortinou que eclodiram pela Província da Zambézia novos surtos com cinco novos infectados na Cidade de Quelimane, dois no Distrito de Morrumbala, dois no Município da Maganja da Costa, um no Distrito do Ile, um no Distrito de Derre e um no Distrito de Namacurra.

Outros surtos foram detectados com quatro novos infectados na Cidade de Maputo, um no Município de Boane, um no Distrito da Moamba, um na Cidade de Inhambane, um na Cidade de Tete e um no Distrito de Eráti.

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

error: Content is protected !!