Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Corpos de pelo menos 19 pessoas são encontrados em cova clandestina no México

Autoridades mexicanas disseram nesta terça-feira que encontraram 19 corpos enterrados em uma cova clandestina num povoado do Estado de Guerrero, sul do país, onde no ano passado 43 estudantes foram atacados e sequestrados por policiais ligados a criminosos.

Os corpos foram encontrados na semana passada, depois de vários dias de operações da Sub-procuradoria de Direitos Humanos da promotoria federal mexicana em Chichihualco, no município de Leonardo Bravo, no centro do Estado.

“Até o momento são nove corpos completos, oito parcialmente queimados, e diversos restos de ossadas. Numa primeira avaliação se pode falar de 19 pessoas, mas podem ser mais”, afirmou uma fonte da promotoria.

Os cadáveres foram localizados no fundo de um barranco de uns 500 metros, que estava coberto por árvores e pedras. Não se sabe ainda a identidade das pessoas.

Por conta da busca dos 43 estudantes, foram colectadas, somente no norte de Guerrero, 638 mostras de DNA de familiares de pessoas indicadas como desaparecidas com o objectivo de comparar os dados com o de centenas de corpos encontrados, a maioria em covas clandestinas, por todo o Estado.

Guerrero é um dos Estados mais perigosos do México, onde mais de uma dezena de grupos lutam para controlar os cultivos de papoula, base da heroína, e registam-se assassinatos, sequestros e desaparecimentos.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!