Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Coreia desembolsa 60 milhões de dólares para projectos de desenvolvimento

A República da Coreia desembolsará 60 milhões de dólares amer icanos destinados a financiar os projectos de instalação de um Sistema de Gestão de Informação de Emergência e o de construção de uma Central Eléctrica Fotovoltáica.

Para o efeito, os governos de Moçambique e da Coreia assinaram, Quinta-feira, em Maputo, um acordo para o financiamento dos projectos, inserido no quadro das relações de cooperação existentes entre os dois países, visando contribuir para o desenvolvimento nacional.

Lew Kwang-Chul, Embaixador coreano acreditado em Moçambique e com residência em Harare, disse que o fundo já está disponível faltando a identificação das modalidades para a sua efectivação. O desiderato do seu país é que os dois projectos comecem a ganhar forma a partir do início de 2012.

O primeiro, avaliado em 25 milhões de dólares, visa facilitar o sistema de comunicações da Polícia da República de Moçambique (PRM) e do Corpo de Salvação Pública. Numa primeira fase, será implementado nas cidades de Maputo e Matola. Quanto ao s egundo, orçado em 35 milhões de dólares, pretende-se potenciar e massificar o uso desta fonte de energias renováveis no país.

Por seu turno, o vice-Ministro moçambicano dos Negócios Estrangeiros e Cooperação, Eduardo Koloma, que rubricou o acordo em representação do governo, disse que a assinatura dos dois instrumentos espelha as excelentes relações de amizade e cooperação entre os dois países.

”Desde o lançamento do primeiro Fórum África-Coreia, em 2006, as relações entre a República da Coreia e os países africanos, em particular Moçambique, alcançaram níveis históricos”, disse a fonte.

Koloma apontou, a título de exemplo, alguns projectos que contam com o financiamento da Coreia entre eles o projecto do Hospital Central de Quelimane, província central da Zambézia, a electrificação rural da província meridional de Gaza e o projecto da estrada Cuamba-Nampula.

O vice-Ministro disse estar ciente que o projecto Sistema de Gestão de Informação de Emergência e o da Central Eléctrica Fotovoltáica são parte da determinação do governo coreano em assistir os países africanos nos seus esforços para desenvolver as suas economias e criar melhores condições de vida.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!