Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Continuação de chuvas e ventos fortes em Inhambane, Sofala, Manica, Zambézia e Tete

O Instituto Nacional de Meteorologia(INAM) prevê a continuação nesta terça-feira(15) da ocorrência de chuvas moderadas a fortes (entre 30 e 50 milímetros em 24 horas), acompanhadas de trovoadas e rajadas de ventos até 56 km/h em alguns distritos das província de Inhambane, Sofala, Manica, Zambézia e Tete. As principais albufeiras de Moçambique começam a registar algum encaixe de água na sequência das chuvas que caem também nos Países vizinhos.

Um comunicado do INAM refere que o mau tempo vai ser sentido principalmente nos distritos Mabote, Inhassoro, Govuro e Vilankulo(na província de Inhambane); nos distritos de Chemba, Caia, Marromeu, Cheringoma, Muanza, Dondo, Buzi, Machanga, Chibabava, e Cidade da Beira(na província de Sofala); nos distritos de Mossurize, Manica, Bárue, Macossa, Guro, Sussundenga e Tambara(na província de Manica); também nos distritos da Maganja da Costa, Mocuba, Mopeia, Namacurra, Nicoadala Chinde, Morrumbala e Cidade de Quelimane(na província da Zambézia); e ainda nos distritos de Magoe e Cahora Bassa(na província de Tete).

Entretanto Instituto de Meteorologia registou nesta segunda-feira(14) 89,5 milímetros de precipitação na estação de Vilankulo e 58,2 milímetros em Espungabera. Em Maputo foram registados 10,8 e 13,2 milímetros, na estação do Observatório e de Mavalane, respectivamente.

Na sequência da época chuvosa que começou, não só em Moçambique mas também nos Países vizinhos, onde nascem os principais rios que cruzam o território nacional, a direcção nacional de gestão de recursos hídricos registou que as albufeiras de Nampula, Nacala e Messica registam níveis de enchimento da ordem de 63%, 89%, 75%, respectivamente.

Na região Centro, as albufeiras de Cahora Bassa (HCB) e Chicamba registam níveis de enchimento de cerca de 36% e 26%, respectivamente. A hidroelectrica de Cahora Bassa está a efectuar descargas da ordem de 1800 m3/s.

Na região Sul, as albufeiras dos Pequenos Libombos, Corumana e de Massingir registam níveis de enchimento de cerca de 18%, 8% e 48%, e a efectuarem descargas da ordem de 3 m3/s, 2 m3/s e 0 m3/s, respectivamente.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!