Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Confrontos no Sudão do Sul deixam pelo menos 115 soldados mortos, diz oposição

Pelo menos 115 soldados de facções rivais do Sudão do Sul foram mortos em tiroteios na capital Juba, disse um porta-voz militar da oposição neste sábado, em meio a temores sobre um frágil processo de paz em um país que ainda se recupera de uma guerra de dois anos.

Houve um tiroteio na sexta-feira à noite perto da residência oficial, onde o presidente Salva Kiir e o vice-presidente Riek Machar, antigos rivais, estavam reunidos para negociações.

Os dois disseram que não sabiam o que tinha provocado o último confronto entre as suas facções e pediram calma. William Gatjiath Deng, porta-voz da facção militar do Machar, afirmou que o confronto tinha ocorrido perto da residência oficial e em instalações militares.

“De manhã, recolhemos e contamos 35 (mortos) do SPLM-IO (facção Machar) e 80 pessoas das forças do governo”, disse ele, acrescentando que o número de mortos pode subir do lado do Machar “porque há alguns soldados gravemente feridos”.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!