Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Com US$114 milhões, Obama supera a arrecadação de Romney em Agosto

A campanha à reeleição do presidente dos EUA, Barack Obama, e o Partido Democrata arrecadaram mais de 114 milhões de dólares em Agosto, superando por uma pequena margem o seu rival republicano Mitt Romney pela primeira vez em meses, à medida que a disputa pela Casa Branca aproxima-se da recta final.

O ex-governador de Massachusetts Romney e o Partido Republicano levantaram mais de 111 milhões de dólares, dando continuidade a uma sequência de doações de altos valores que os deixam bem equipados para disputar as eleições de 6 de Novembro.

Enquanto Obama quebrou todos os recordes de captação de recursos em 2008, Romney tem superado o adversário democrata significativamente em arrecadação de recursos desde Abril.

Isso contribuiu para uma vantagem de caixa para o lado republicano, que é ajudado pelo sucesso de grupos externos de arrecadação, os Super PACs , que gastaram fortunas em apoio ao candidato republicano com fundos ilimitados de doadores milionários.

Em Julho, a campanha de Obama arrecadou 75 milhões de dólares enquanto Romney angariou 101 milhões de dólares. Essa discrepância mudou em Agosto.

O candidato democrata ampliou a sua base de doadores, mês passado, com mais de 317.000 doadores que nunca tinha dado dinheiro antes, afirmou o gerente da campanha de Obama, Jim Messina, num comunicado.

Mais de 1,1 milhão de doadores no total doaram dinheiro em apoio a Obama. “A chave para reagir contra os interesses especiais dos cheques ilimitados de apoio a Mitt Romney é fazer crescer a nossa base de doadores, e nós fizemos isso substancialmente no mês de Agosto”, disse Messina.

A campanha de Obama orgulha-se de ter uma ampla base de doadores de quantias baixas, a qual espera-se que continue a doar mais nos próximos meses.

Em Agosto, a doação média colectada foi de 58 dólares, e 98 por cento das doações foram de 250 dólares ou menos.

“Não vamos comemorar, porque eles vão ter um Setembro ainda maior”, disse a campanha de Obama através do Twitter. “Mas agora sabemos que podemos alcançá-los, fazendo isso do nosso jeito.”

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!