Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Clooney e Amal encerram núpcias do fim de semana com cerimónia civil em Veneza

O actor norte-americano George Clooney e a advogada Amal Alamuddin, nascida no Líbano, formalizaram o seu casamento numa cerimónia civil em Veneza, esta segunda-feira (29), depois de uma glamorosa festa no fim de semana.

O casal, que se uniu numa grande festa na noite do sábado, passou cerca de 10 minutos dentro da edilidade da cidade para uma cerimónia civil para registar o casamento. A cerimónia foi presidida pelo edil de Roma, Walter Veltroni, que é amigo do casal.

Amal, de 36 anos, estava de calças compridas e usava um chapéu branco com fita preta. Clooney, de 53 anos, que era considerado o solteiro mais famoso do mundo, vestia um terno cinza claro. O casal foi até o local no barco “Amore”, que utilizou durante todo o fim de semana.

Eles acenaram e sorriram para fotógrafos posicionados noutros barcos e nos pontes pelo grande canal da cidade parcialmente submersa. A breve solenidade encerrou o status de solteiro do vencedor de dois Oscars, que vários anos atrás supostamente fez uma aposta de 100 mil dólares com Michelle Pfeiffer de que ele nunca mais se casaria de novo depois do seu divórcio da actriz Talia Balsam, em 1993.

Amal e Clooney têm sido o assunto do momento pelos canais de Veneza desde sexta-feira, quando chegaram para as festividades de quatro dias. O casal, junto a outras estrelas, como os actores Matt Damon e Bill Murray, o cantor Bono, a editora da Vogue Anna Wintour e a modelo Cindy Crawford, têm se alternado entre hotéis de luxo, tornando Veneza uma Hollywood do Mar Adriático.

Amal representou como advogada a ex-primeira-ministra ucraniana Yulia Tymoshenko, na Corte Europeia de Direitos Humanos, e também o fundador do WikiLeaks, Julian Assange, em procedimentos de extradição.

A sua família deixou o Líbano durante a guerra civil (1975-1990) e estabeleceu-se na Grã-Bretanha, e ela aconselhou o ex-secretário-geral da ONU Kofi Annan sobre o conflito na Síria, um assunto sobre o qual Clooney tem se pronunciado publicamente.

Clooney também liderou campanhas para chamar a atenção à causa dos refugiados em Darfur, no Sudão, e deve doar o que receber dos direitos das fotos do casamento para essa causa.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!