Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Cinco moçambicanos mortos na África do Sul entre Junho e Julho

Cinco cidadãos moçambicanos foram assassinados na vizinha República da África do Sul, entre os meses de Junho e Julho, segundo o Ministério do Trabalho (MITRAB).

Dentre as cinco vítimas, três são da mesma região, Rustenburg, e perderam a vida nas proximidades das suas residências, refere um comunicado de Imprensa do MITRAB, o qual indica ainda que um dos compatriotas respondia pelo nome de Artur Mabunda, alvejado a tiro na manhã do dia 25 de Junho passado, quando se preparava para entrar na sua viatura, a caminho do trabalho, na mina de platina Impala, em Rustenburg.

Na noite de 14 de Julho, perto do acampamento oficial de mineiros de Blascoop, pertencente a Anglo Platinum, foram assassinados os irmãos Elias Tsambe, reformado, e Eduardo Tsambe, trabalhador por conta própria. Eles morreram num tumulto popular em repúdio a uma onda de roubos na região. Na altura foi igualmente morto um sul-africano.

O MITRAB, através da sua delegação na África do Sul, está em contacto com autoridades daquele país com vista a esclarecer os casos em alusão e, também, colocar os familiares dos malogrados ao corrente do assunto.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!