Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Caso suspeito do Ébola na Itália era de malária

Os médicos que estão a atender uma mulher com suspeita do Ébola no centro da Itália constataram que, na realidade, ela está com malária, informou o governo regional, esta quarta-feira (10).

A mulher foi hospitalizada na manhã da terça-feira com sintomas que poderiam ser do Ébola, uma febre hemorrágica letal que, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), matou pelo menos 2.296 pessoas no surto deste ano na África Ocidental, o pior registado até agora.

A região de Marche informou no seu site que a paciente, uma mulher que havia retornado recentemente da Nigéria para a Itália, continua no hospital a receber tratamento para malária, e acrescentou que as autoridades continuam em alerta máximo para o risco do vírus. Não há casos do Ébola confirmados na Itália.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!