Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Casa paroquial na Malhangalene assaltada na sexta-feira santa

Uma quadrilha de quatro indivíduos assaltou na madrugada de sexta-feira a residência paroquial da Igreja Santo António da Malhangalene, arredores na capital moçambicana, em Maputo. Os quatro malfeitores, munidos de igual número de armas de fogo, apoderaram-se de três computadores portáteis, seis discos externos, 10 telemóveis, diversas peças de vestuário e um valor não especificado em dinheiro.

Segundo o Jornal Notícias, os ladrões amarraram os dois guardas e obrigaram o padre que fazia vigília no interior da paróquia, no mesmo recinto, a abrir as portas da casa onde os demais ocupantes se preparavam para descansar.

O Padre João, coordenador da residência, contou que já no interior da casa, os bandidos recorreram as cordas e outros fios com os quais amarraram os três padres. O Padre João disse que escapou pelo facto de ele estar de cama e doente. Segundo sacerdote, um dos membros da quadrilha apontou-lhe uma arma na cabeça enquanto os outros elementos reviravam a residência em busca de mais bens valiosos.

Dada a ausência de qualquer reacção hostil das vítimas, os assaltantes, após terminar a operação, uma hora e meia depois, recolheram os bens roubados e eclipsaram-se do local.

“A situação era tão grave que o melhor foi apenas olhar para tudo aquilo sem poder dizer nada porque nos ameaçaram de morte e todos os quatro jovens estavam amarrados”, disse o padre, acrescentando que os malfeitores eram jovens com boa aparência, bem vestidos e que possivelmente participaram na celebração da missa que terminara horas antes.

A fonte explicou que o montante roubado na casa paroquial se destinava ao pagamento de despesas como água e luz, telefones bem como a própria logística dos padres residentes.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!