Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Casa Branca muda política sobre prisão de Guantánamo

Numa reversão de expectativas sobre o encerramento próximo da prisão de Guantánamo, a administração Obama retirou uma medida que congelava novos processo em tribunais militares e estabeleceu um processo para continuar a manter presos que ainda não foram julgados.

O presidente norte-americano Barack Obama disse que ele ordenou ao Departamento de Defesa retirar uma ordem que tinha suspendido a entrada de novos processos sob a jurisdição de tribunais militares na prisão. Obama tinha suspendido esses processos quando anunciou sua revisão da política para detentos no local no começo de 2009, logo após ter assumido o poder.

A Casa Branca anunciou que a revisão agora foi finalizada. Obama também anunciou uma ordem executiva na segunda-feira estabelecendo um processo para continuar mantendo em Guantánamo alguns detentos que nunca foram acusados, condenados nem designados para transferências, mas que são considerados uma ameaça à segurança dos Estados Unidos.

Apesar disso, a Casa Branca disse que Obama permanece comprometida a eventualmente fechar a prisão de Guantánamo em algum momento. Obama também disse que ele ainda sentia que o sistema de justiça dos Estados Unidos era uma parte importante em sua guerra contra a al Qaeda e seus afiliados.

Ainda existem 172 detidos na prisão de Guantánamo e cerca de três dúzias foram designados para serem processados em cortes criminais dos Estados Unidos ou comissões militares. Membros do partido republicano tinham solicitado que os processos acontecessem em Guantánamo.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!