Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

CAN 2013: Drama e empates marcam terceiro dia

A actual campeã africana, a Zâmbia, consentiu nesta segunda-feira (22) um empate diante da surpreendente Etiópia, em jogo de estreia do grupo C, do Campeonato Africano de Futebol (CAN) que decorre na África do Sul. No mesmo grupo, a Burkina Fasso arrancou um empate dramático à Nigéria.

O Mbombela Stadium, na cidade de Nelspruit, viveu no fim do dia de ontem momentos dramáticos de futebol. O primeiro foi às 17 horas, quando a actual detentora do título, a Zâmbia, entrou em campo para defrontar a até então incógnita selecção da Etiópia.

Mas a partir do primeiro minuto nada demonstrou a diferença de níveis entre as duas equipas. Pelo contrário, houve um jogo bem disputado, rápido e táctico, que não deu tréguas aos dois sistemas defensivos montados para o confronto. A equipa da Etiópia foi a primeira a dar indicações claras de querer sair com os três pontos todavia, viu o guarda-redes Mweene a defender uma grande penalidade. Logo a seguir, na resposta, ao minuto 35, Tassew, guardião das redes etíopes viu a cartolina vermelha por parar violentamente a progressão de Chisamba. Mas foi pior a Zâmbia na cobrança do livre directo.

Aproveitando-se do desfalque da equipa adversária, já no minuto final do encontro, Mbesuma, o Bin Laden dos Orlando Pirates, abriu o marcador para os campeões.

Na segunda parte, esperava-se um domínio claro dos zambianos mas tudo ocorreu às avessas. A Etiópia implantou-se e arriscou no jogo ofensivo, para ao minuto 64 o capitão Girma restabelecer a igualdade.

Um jogo à inglesa: Nigéria e Burkina Fasso

O segundo jogo da noite que colocou frente-a-frente a Nigéria e a Burkina Fasso, foi mesmo à inglesa. Os nigerianos foram os primeiros a chegar ao golo por intermédio do avançado Emenik à passagem do 23º minuto da partida.

Quando tudo indicava que a Nigéria sairia do Mbombela com os três pontos, o evitável aconteceu: depois das águias terem perdido o esférico na zona defensiva contrária, quando faltavam apenas 30 segundos para o apito final, os burkinabes acreditaram e lançaram-se rapidamente ao ataque, chegando ao centro dos nigerianos.

Traorè que acabava de entrar, recebeu o esférico na confusão, olhou e rematou para o fundo das malhas, para a tristeza total e completa dos jogadores, da equipa técnica e dos adeptos da Nigéria. Neste grupo tudo continua em aberto para a segunda jornada.

Partidas ado grupo D, agendadas para hoje: 17h: Costa do Marfim – Togo 20h: Tunísia – Argélia.

Acompanhe os jogos em directo no TWITTER @DesportoMZ

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!