Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

CAN-2010: Futuro de Moçambique cada vez mais sombrio

O bicampeão africano em título, Egipto, qualificouse sábado para os quartos-de- final da Taça das Nações africanas de futebol, ao vencer Moçambique por 2-0, em encontro da segunda jornada do Grupo C. 

Um golo (o segundo neste CAN) na própria baliza de Dário Khan, aos 47 minutos, bateu o até então intransponível guarda-redes moçambicano João Rafael (Kampango), que vai ganhando a fama de Djipolokotso por causa do desnecessário “malabarismo” que fez na primeira partida desta competição frente ao Benin no passado dia 12 de Janeiro/10) e Mohamed Nagy Gedo, a nove minutos do fim, selou o triunfo egípcio.

A vitória dos egípcios começou a ser desenhada com a “traição” de Khan – o tal das ausências e atrasos na selecção –, a segunda na prova, após uma primeira parte em que Moçambique dominou, mas nunca conseguiu acercar-se da área adversária com perigo. Após o golo, o jogo animou ligeiramente, até que o suplente Mohamed Nagy Gedo entrou em campo e fixou o resultado final, aos 81 minutos, com uma excelente finalização. Com este resultado, o Egipto, vencedor das duas últimas edições do CAN, juntou- se à Costa do Marfim, ao garantir uma vaga entre os oito melhores, antes mesmo de defrontar o Benin, na terceira jornada, quarta-feira.

Após dois jogos, Moçambique soma apenas um ponto, tal como o Benin, mas menos dois que a Nigéria, que vai defrontar quarta-feira. À formação comandada pelo holandês Mart Nooij resta vencer as Super Águias para aspirar à qualificação para os “quartos”.

Jogo no Estádio Nacional de Ombaka, em Benguela. Egipto – Moçambique, 2-0. Ao intervalo: 0-0. Marcadores: 1-0, Khan, 47 minutos (própria baliza). 2-0, Mohamed Nagy Gedo, 81. Equipas: – Egipto: El Hadary, Fathi, Gomaa, Fathallah, Moawad, Hassan, H. Said (Al- Muhamadi, 48), Abdelrazek (Mohamed Nagy Gedo, 68), Abd Rabou, Zidan (Ahmed Eid, 58) e Moteb. – Moçambique:

João Rafael Kampango, Campira Samuel, Khan, Mexer, Paíto, Dominguez, Simão, Genito (Parruque, 87), Lobo, Bucuane (Hagy, 68) e Fumo (Josemar, 52). Árbitro: Kokou Djaoupe. Acção disciplinar: Cartão amarelo para Khan (31), Lobo (86) e Hagy (90).

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!