Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Brasil procura segundo penta, desta vez no Sub-20

O Brasil é o favorito contra Gana na final do Mundial Sub-20, sexta-feira no Cairo, num duelo no qual a seleção procura o quinto título, enquanto o campeão africano tenta chegar ao primeiro para seu continente.

A partida será o duelo do melhor ataque do torneio, Gana (16 gols, metade deles de Dominic Adiyiah), contra a melhor defesa, Brasil, que sofreu apenas três golos. O Brasil é o favorito não apenas pela história, mas também pelo equilíbrio, já que anotou 14 gols, sete deles com a dupla formada por Alan Kardec (4) e Alex Teixeira (3). “O Brasil é o favorito, mas não apenas nesta partida. Já era mesmo antes do início do torneio”, afirmou o técnico ganense Sellah Tetteh. A equipe africana tem uma defesa vacilante, já que sofreu oito golos em seis partidas, quatro deles nas duas últimas, quando vencia com facilidade a Coreia do Sul nas quartas e a Hungria nas semifinais, mas termino vencendo ambas com dificuldades por 3-2.

Mas o técnico brasileiro, Rogério Lourenço, não se deixa levar pela suposta fragilidade defensiva do adversário. “Se Gana chegou à final é porque tem muitas virtudes porque teve méritos para isto. Como jogam no ataque, assim como nós, penso que será uma partida muito bonita, com duas equipes ofensivas”, declarou o treinador da seleção campeã sul-americana.

O meio campista ganense André Ayew, filho do ex-jogador Abedi Pelé, afirma que a solução para qualquer problema defensivo é fazer mais gols que o adversário, como a equipe fez até agora. “Não é um problema da defesa. Pode ser que no ataque ou no meio não façamos bem nosso trabalho defensivo, para que os defensores tenham menos pressão. Mas se conseguirmos marcar cinco e o adversário quatro, não tem problema”, afirma.

O Brasil, na sétima final, tem a oportunidade de conquistar o quinto título, depois das vitórias no México-1983, URSS-1985, Austrália-1993 e Emirados-2003.

Já Gana busca o primeiro título em sua terceira final, incluindo uma derrota no Mundial da Austrália-1993 para o Brasil (2-1).

O atacante Dominic Adiyiah, que tem praticamente a chuteira de ouro de artilheiro garantida, diz que agora deseja a conquista coletiva. “Pode ser que, como jogadores, não tenhamos outra oportunidade como esta. Temos que aproveitar. Queremos estar orgulhosos de nós mesmos e que nossa amada nação também esteja. Todos compartilhamos a mesma ambição, e vamos lutar por ela”, afirma o artilheiro.

O guarda redes brasileiro Rafael sabe que terá que vigiar o atacante, mas não acredita em um duelo particular e pensa apenas no título. “É muito bom, muito rápido, muito inteligente. Os gols que fez mostram que é preciso ter muito cuidado com ele. Mas não penso que será um duelo direto de Adiyiah comigo. Só me me importa que o Brasil vença. São duas equipes que jogaram muito bem e que chegaram à final por méritos próprios”, declarou o goleiro do Cruzeiro”.

 

Equipas prováveis

Brasil: Rafael; Douglas, Dalton, Rafael Toloi, Diogo; Souza, Maylson, Paulo Henrique Ganso, Giuliano; Alex Teixeira e Alan Kardec. DT: Rogério Lourenço.

Gana: Daniel Agyei; Samuel Inkoom, Daniel Addo, Jonathan Mensah, David Ady; Mohammed Rabiu, Emmanuel Agyemang-Badu, Andre Ayew, Abeiku Quansah; Ransford Osei, Dominic Adiyiah. DT: Sellas Tetteh

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!