Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Botswana vai abrir Embaixada em Maputo

A Alta Comissária do Botswana para Moçambique, Gladys Kokorwe, anunciou, Segunda-feira (20), em Maputo, que o seu país tenciona abrir brevemente uma missão diplomática em Moçambique.

“Eu falei com o meu governo que concordou em abrir uma missão aqui em Maputo. Por isso, tenho a satisfação de anunciar que, muito brevemente, possivelmente no próximo mês, ou em Outubro, teremos uma missão permanente aqui em Maputo”, disse Kokorwe, falando minutos após uma audiência que lhe foi concedida pelo estadista moçambicano, Armando Guebuza.

Questionada sobre os assuntos discutidos com o estadista moçambicano, Gladys Kokorwe, disse que a sua visita tinha como objectivo despedir-se do presidente da República e informar que o seu país tenciona abrir uma embaixada em Maputo.

“Assinamos muitos acordos entre nós. Existem muitos projectos que estão a ser realizados em conjunto pelo Botswana e Moçambique. Foi por isso que o meu governo decidiu que devemos estar presentes aqui em Moçambique (com uma missão diplomática) ”, explicou Kokorwe, que actualmente possui residência em Harare, capital zimbabweana.

Refira-se que, em Julho de 2011, os governos de Moçambique e do Botswana assinaram 10 memorandos de entendimento para reforçar a cooperação dos dois países em diversas áreas de interesse comum.

Os acordos foram assinados durante a visita de Estado do presidente tswana, Seretse Ian Khama, a Moçambique. Os referidos acordos cobrem as áreas de energia, agricultura, saúde animal, mulher e acção social, educação, meio ambiente, cultura e ciência e tecnologia.

Entre os projectos destaca-se a construção do porto de águas profundas em Techobanine, distrito de Matutuíne, província de Maputo.

Além do porto com capacidade para receber navios de passageiros e de carga diversa, incluindo petroleiros, o projecto também estabelece a construção de uma linha férrea de 1.100 quilómetros, ligando Moçambique e Botswana, passando por Zimbabwe.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!