Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Boko Haram invade uma cidade na Nigéria, dezenas de pessoas morrem e milhares fogem

Os insurgentes islamistas do grupo Boko Haram invadiram grande parte da cidade de Bama, no nordeste da Nigéria, depois de horas de confrontos em que várias pessoas morreram e milhares de moradores ficaram desabrigados, disseram as fontes de segurança, esta terça-feira (2).

Os islamistas lançaram um ataque contra Bama, a 70 km de Maiduguri, capital do Estado de Borno, na segunda-feira. Eles chegaram a ser repelidos, mas retornaram em maior número durante a madrugada, disseram fontes e testemunhas.

Nenhum porta-voz do sector de defesa da Nigéria estava imediatamente disponível para comentar o ataque. As fontes relataram a existência de muitas vítimas em ambos os lados.

Uma fonte de segurança disse que cerca de 5 mil pessoas fugiram. Muitos soldados nigerianos foram mortos em Bama por disparos de um caça que tinha como alvo os insurgentes num ataque aéreo a um lugar errado, disse um soldado que estava no local.

Dois meses depois de os militantes islamistas no Iraque e Síria declararem um califado numa região que conseguiram capturar, o Boko Haram também, pela primeira vez, declarou explicitamente o controle sobre um território que diz ter capturado nas faixas do nordeste da Nigéria.

O Boko Haram capturou Gwoza, um município rural remoto nas montanhas próximas à fronteira com Camarões, durante combates no mês passado. O líder do grupo, Abubakar Shekau, disse num vídeo que a região tornar-se-ia um “território muçulmano”, que seria governada pela rígida lei islâmica.

“Quando começamos a ouvir tiros, todo o mundo estava confuso. Ouvia-se tiroteios de diferentes direcções. Fugimos para os arredores da cidade”, disse Bukar Auwalu, um comerciante que escapou com a sua mulher, três filhos e o irmão. “Havia helicópteros militares e um caça. Dormimos no mato nos arredores da cidade.”

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!